Castigo

O cancelamento, por motivo de doença, da palestra do ex-presidente FH num ciclo sobre a era Vargas promovido por um “jornalão” do Rio reforçou nos mais supersticiosos o sentimento da vingança do além. Depois de fazer o país regredir na direção da República Velha –  aquela não qual até a manteiga era importada da Holanda – FH se atrever a fazer um balanço da Era Vargas a que se propôs desmontar era demais.

Moore no sapato
O comando da campanha de Bush tem bons motivos para se preocupar com o sucesso do novo filme Michael Moore nos Estados Unidos. Segundo pesquisa do Instituto Gallup, 8% dos norte-americanos adultos já assistiram a Fahrenheit 9/11, 18% planejam vê-lo nos cinemas e 30% em vídeo. Além disso, embora apenas 4% dos eleitores republicanos tenham assistido ao filme, um terço deles pretende vê-lo. Entre os que viram, 12% têm uma visão favorável ao documentário. Entre os democratas, 10% já assistiram ao documentário e 61% pretendem fazê-lo; entre os já viram o filme, dois terços gostaram.
O filme está em cartaz em cerca de 2 mil salas dos EUA e o lançamento em vídeo deve ocorrer poucas semanas antes das eleições.

Exterminador
Não é apenas com as críticas ferinas que Bush tem de se preocupar. Nos três primeiros anos de sua administração, o ritmo de demissões foi o segundo maior nos últimos 23 anos, de acordo com relatório do próprio governo norte-americano. Segundo a pesquisa, as demissões atingiram 8,7% dos trabalhadores adultos, ou 11,4 milhões de homens e mulheres de 20 anos ou mais. O valor é apenas 0,3 ponto percentual menor que os 9% do período 1981-1983, que incluiu a maior contração da economia americana desde a Grande Depressão, nos anos 30. Com o país em recessão ou baixo crescimento, três milhões de empregos foram eliminados nos EUA entre 2001 a 2003.

Especial
A Assembléia Legislativa do Rio aprovou, em primeira discussão, projeto de lei do deputado Otavio Leite (PSDB) que cria o Programa de Atendimento Especial à Pessoa com Deficiência. Pela proposta, os servidores estaduais que lidam diretamente com o público deverão receber treinamento específico, para atender adequadamente pessoas com deficiência. O deputado sugere, por exemplo, que os órgãos estaduais disponham de intérpretes para a língua brasileira de sinais (libras) e de servidores aptos à leitura em sistema braile.

Praga
Depois de aprender o que é spam, worm e cavalo de tróia, o internauta se depara com mais um neologismo: phishing, definido como um ato ilegal de enviar e-mails para os usuários sob identidade falsa, para tentar obter informações confidenciais. De acordo com pesquisa on line realizada pela Gartner junto a 5 mil adultos nos Estados Unidos, 41% receberam, ou acham que receberam, ataques de phishing por e-mail; 76% desses ataques ocorreram nos seis meses anteriores (até abril de 2004); 92% nos 12 meses que antecederam a pesquisa.

Artigo anteriorSem Selic
Próximo artigoPreferido do turismo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É a saúde (além da economia), estúpido!

Vacinação e estímulos à economia andam juntos; Brasil fica para trás em ambos.

Cortes poupam petroleiras e ‘bolsa refrigerante’

Para liberar auxílio emergencial, governo prejudica setores essenciais.

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lula livre. Até quando?

Jurista: Necessidade de proteger Moro e os procuradores da Lava Jato.

Produtividade na indústria cai com menor produção na pandemia

Para 2021, as perspectivas são melhores, em razão do início da vacinação da população.

Demanda por bens industriais cresceu 0,6% em janeiro

Ipea apontou avanço de 6,6% no trimestre móvel encerrado no primeiro mês de 2021.

Aumenta consumo de pornô por público feminino

Relatório de site de entretenimento adulto revela que 39% do acessos são de mulheres.

Abertura de empresas tem alta de 13,4% em novembro

Segundo Serasa, sociedades limitadas impulsionaram índice; comércio teve alta estimulada por Black Friday e festas de fim de ano.