32.4 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 23, 2021
Início Vinho etc

Vinho etc

Espumantes para torcer por um 2021 melhor

Diante do aumento de consumo de vinhos, creio que 2020 será um marco para a história do mercado.

O Novo Chile e algumas reflexões sobre inovações

‘Novo’, neste caso, é a oposição ao perfil das grandes marcas, que dominam o mercado de vinhos chilenos no Brasil.

A sul e norte do Rio Ebro rumo ao Mar Mediterrâneo

Garnacha, Cariñena, ganhos pós-filoxera e inovações chamam a atenção para os rótulos do nordeste espanhol.

Uma pausa para falar de duas Quintas no mês de Portugal

Duas lives dessas ricas regiões das quais trago belíssimas recordações e uma história curiosa.

As grandes estrelas do centro-norte espanhol

Às margens dos Rios Duero e Ebro, reinam, ao longo do tempo, os vinhos tintos da Ribera del Duero e de La Rioja.

Tintos, blancos y rosados do noroeste espanhol

Enquanto Toro abastecia as cidades medievais de tintos, e a Rueda de brancos, Cigales fazia seus rosados ou claretes.

Começando pelos tesouros das extremidades do norte espanhol

Só na faixa setentrional espanhola estão a Rioja, Ribera del Duero, Priorat, boa parte dos Cavas e muito mais.

Um grande vinhedo, vibrante e remodelado

As inovações se combinam com a herança de alguns tesouros e colocam a Espanha no alto do pódio da vitivinicultura internacional

Últimas Notícias

Leonel Brizola, 99 anos. Que falta nos faz

Por Vivaldo Barbosa.

Indústria rejeita retrocesso à jurássica lógica colonialista

Entidades criticam 'visão rasa' de que Brasil deveria se concentrar na agroindústria.

Braskem: R$ 1 bi de energia renovável com a Casa dos Ventos

A petroquímica brasileira Braskem comunicou nessa sexta-feira aos seus acionistas e ao mercado que, em linha com a sua estratégia de ampliação do uso...

Reajuste salarial no Brasil ficou abaixo da inflação

Em dezembro, o reajuste salarial no Brasil ficou abaixo da inflação (-0,9%). É o que revela o boletim Salariômetro, divulgado nesta sexta-feira pela Fundação...

BTG Pactual levantou R$ 2,57 bi com oferta primária de units

O BTG Pactual precificou oferta primária subsequente de units a R$ 92,52 cada, levantando R$ 2,57 bilhões, de acordo com fato relevante postado na...