Catástrofe

Quem tem medo de voar de avião pode repensar seus temores: acidentes de trânsito matam, por dia, o equivalente à queda de 24 boeings. No ano, são 1,3 milhão de mortos em todo mundo. No Brasil, que está entre os países que mais registram acidentes, a ocasião é de alerta: no Carnaval, o número de óbitos cresce 20%. A maioria das vítimas têm entre 21 e 39 anos e em 61% dos casos há influência de álcool ou drogas. Para cada morte, são internadas 16 pessoas e outras 382 são atendidas em hospitais e em seguida liberadas. A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia lança hoje campanha preventiva, com atos em 16 estados, para conscientizar os motoristas.

Se
“Com políticas fiscal e monetária segurando a demanda e com um cenário internacional adverso, dificilmente teremos algum alívio na situação do emprego neste semestre. Se houver um desfecho razoável para a questão iraquiana, se o BC obtiver sucesso no combate à inflação e o governo no encaminhamento das reformas no Congresso, as perspectivas para a economia brasileira (e para o emprego), sem dúvida, serão bem melhores.” A análise, cheia de ressalvas, é do economista-chefe do BicBanco, Luiz Rabi. Para ele, o desemprego – que abriu o ano em alta – deve continuar sendo um problema ao longo do ano.

Número 1
O Banco BVA ficou em primeiro lugar, no Rio de Janeiro, em operação de repasses de  financiamentos do BNDES para micro, pequenas e médias empresas. Nacionalmente, incluindo todas as modalidades de financiamento, foi o sexto colocado no ranking geral do banco de fomento estatal, no mês passado. É o terceiro ano consecutivo em que o BVA colhendo excelentes resultados nas operações de repasse do BNDES. Em tempo: o banco carioca, criado em 1995, não tem nenhum parentesco com o espanhol BBVA (cuja sucursal no Brasil, BBV, foi comprada pelo Bradesco).

Filantrópica
As entidades filantrópicas que exploram atividade econômica para manter suas finalidades de assistência social estão imunes ao pagamento de impostos. Esse foi o entendimento do Supremo Tribunal Federal, anunciou a Agência Brasil. O STF decidiu, por maioria, que não cabe a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os produtos comercializados por instituições sem fins lucrativos, quando o lucro obtido é destinado à finalidade de assistência social.

Samba na linha
A SuperVia, concessionária que administra os trens urbanos no Rio de Janeiro, entrega hoje à população de Madureira a estação ferroviária do bairro, que foi totalmente reformada. Para animar e comemorar o evento, a bateria da Escola de Samba Portela apresentará uma prévia do que pretende fazer na Passarela do Samba. Além disso, haverá exposição de 200 fotos que mostram imagens do “antes e depois” da privatização.

Ética
O Unafisco Sindical realiza hoje, no Rio de Janeiro, o seminário “Ética no Serviço Público”. O encontro será, às 14h, no auditório do Ministério da Fazenda. O evento terá como palestrantes o ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Waldir Pires, o procurador da República Luiz Francisco de Souza, o secretário-executivo da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Mauro Bogéa, e o presidente do Unafisco, Paulo Gil Introíni. Os sindicalistas consideram que casos como o da redução de R$ 1,1 bilhão para R$ 25 milhões no valor de multa aplicada à OAS e o dos fiscais do Rio de Janeiro trazem reflexos negativos para servidores sérios e éticos.

Sotaque
A jornalista Márcia Figueiredo, após quase 20 anos na assessoria de imprensa da Petrobras, vai ficar durante um ano na Argentina. O objetivo é criar o setor de comunicação social da empresa naquele país, bem como o do grupo Perez Companc, empresa controlada pela holding no Brasil.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEspelho
Próximo artigoNo ritmo

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...