Causa própria

Político experiente, o senador José Sarney (PMDB-MA) resolveu aderir à tese da satanização do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Para corroborar sua tese, poderia, no entanto, mencionar qual o único país que, durante as cerca de seis décadas em que está na vida pública, viu ameaçar militarmente a América Latina. Uma pista: é o mesmo país que apoiou o golpe militar que o levou ao poder no Brasil, em 1964, inclusive, com o uso de navios na costa brasileira, através da operação Brother Sam.

Vou a pé
Vinte por centro dos moradores da capital do Rio de Janeiro vão a pé de suas residências para o trabalho e para as escolas. Além disso, 300 mil pessoas usam bicicleta no deslocamento diário. Os dados são do prefeito do Rio, César Maia (DEM), em seu ex-blog, no qual submete os números a uma tortura estatística para tentar sustentar a idéia de que, pela média ponderada, a tarifa pública dos transportes do Rio seria bem mais barata do que na capital de São Paulo.

Na média…
Ainda segundo o prefeito virtual do Rio, 1 milhão de pessoas na cidade usa veículo particular ou táxi para trabalhar. Somando gratuidades asseguradas pela lei com os que se deslocam por conta própria, ele estima em 3,8 milhões o número dos que não usam o transporte público. Esse total significa 65,5% dos 5,6 milhões cariocas com mais de 4 anos de idade. Do 1,8 milhão restante que paga pelo transporte público, 60% usam um só ônibus cuja passagem no Rio, Maia insiste, “é bem mais barata que SP”: “As demais usam transporte complementar, duas conduções e transporte sobre trilhos num total de 700 mil. Portanto, o raciocínio da passagem mais cara para o uso de duas conduções ou de transporte sobre trilho (excluindo transporte complementar) se aplica a umas 540 mil pessoas, ou 10% do universo total dos maiores de 4 anos”, conclui o prefeito, que, poderia ser convocado pela ONU, para provar que, na média, o número das pessoas que passam fome no mundo não seria tão grande assim.

Quem manda?
César Maia é mais direto ao cobrar, também no ex-blog, uma posição do presidente Lula sobre a diatribes do ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, em defesa da privatização do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do BNDES: “E o Lula não vai dizer nada? Afinal é um ministro seu. O ministro – enquanto tal – fala em nome de quem? O ministro veio de que setor para o governo? Pense bem. Ahhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

Pirueta
Ministro do Planejamento do governo Geisel, o economista João Paulo dos Reis Veloso, atribui o apagão aéreo a um desvio de função no planejamento do setor: “Em vez de cuidar da segurança nos aeroportos, a Infraero, ultimamente, se ocupa em construir shoppings”, resume o economista, autor do II Plano Nacional de Desenvolvimento (PND).

Amigo
A UniverCidade e a Secretaria de Turismo da Prefeitura do Rio lançam, nesta quarta-feira, a campanha “O Turista é um amigo, cuide bem dele”. Idealizada pelos professores Bayard Boiteux, Mauricio Werner e Roberta Guimarães, o programa tem como objetivo manter acesa no carioca a vontade de bem receber o turista. Na primeira fase, serão distribuídos 10 mil cartazes por toda a cidade, pelos alunos de Turismo e Hotelaria da universidade, com o decálogo do bom atendimento. Os interessados em colaborar com a campanha podem enviar um e-mail para [email protected]

100 anos, nô!
Criado como parte das comemorações pelo centenário da imigração japonesa para o Brasil, o site www.japao100.com.br coloca no ar, nesta quarta-feira, depoimentos de brasileiros famosos com ascendência nipônica, como a vocalista da banda Pato Fu, Fernanda Takai, o psiquiatra Roberto Shinyashiki e o cartunista Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica. Eles contam histórias marcantes relacionadas à origem e/ou influência japonesa em suas vidas. O registro inclui texto, fotos e vídeo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIntercâmbio
Próximo artigoCorrea sobe

Artigos Relacionados

É urgente a revogação da PPI

Federação do Fisco taxa PEC de Bolsonaro de eleitoreira.

Olavo de Carvalho, quem diria, já escreveu no MM

Críticas à ‘Nova Ordem Mundial’, ‘Globo’, ‘Time’ e Garotinho.

Commodities voltam a subir e ameaçam inflação

Brasil dependerá, mais que nunca, do comportamento do real frente ao dólar.

Últimas Notícias

Taxa de juros dos EUA se mantém, mas deve subir em março

O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve (Fed), Banco Central dos EUA, anunciou nesta quarta-feira, manter a...

Cargas tributárias foram aliviadas em 2021 na China

A China cortou cerca de 1,1 trilhão de iuanes (US$ 173,9 bilhões) em impostos e taxas em 2021, em meio aos esforços do país...

Receita de máquinas e equipamentos aumentou 21,6% em 2021

A receita líquida do setor de indústria de máquinas e equipamentos no país aumentou 21,6% em 2021, na comparação com o ano anterior, revela...

Petrobras faz inspeções remotas e intervenções preventivas

Com destino ainda incerto considerando a ótica do governo atual que em diversas vezes cogitou publicamente em colocar a estatal na lista da privatização,...

Vistoria remota reduz custos e protege as pessoas

Em tempos de pandemia, a Delphos disponibiliza uma ferramenta que atende à necessidade de proteção da vida das pessoas, sejam os profissionais que fazem...