Cautela internacional deve pressionar real e Ibovespa nesta terça

Índices futuros acionários de Nova Iorque operam em queda nesta manhã, assim como as principais Bolsas europeias.

O mercado amanhece nesta terça-feira com as atenções direcionadas para o Pesquisa Industrial Mensal (PIM) e para os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), enquanto também é monitorada a reunião ministerial nesta manhã. Nos EUA o destaque é para as encomendas à indústria, neste dia de volta de feriado e antes de divulgação da ata do Fomc e do payroll.

No mercado local é esperado que a aversão ao risco dos investidores globais contamine os negócios por aqui, em função de temores relacionados à possível recessão global. Além disso, a indicação de abertura negativa das Bolsas de Nova Iorque em volta de feriado também deve pressionar o Ibovespa. No câmbio o índice DXY sobe, o que deve pressionar também o real. Já no mercado de juros podemos experimentar certo alívio em função da queda do petróleo, porém os gastos que virão com a PEC dos Benefícios seguem sendo monitorados pelo mercado e deve impactar o mercado de juros, uma vez que pode representar risco fiscal.

Os índices futuros acionários de Nova Iorque operam em queda nesta manhã, assim como as principais Bolsas europeias, com investidores novamente tomados por temores relacionados à possível recessão global em função das políticas de controle inflacionário pelos principais bancos centrais. Com isso, o índice DXY, que relaciona o dólar com as seis principais divisas, sobe, indicando força da moeda americana. Os contratos futuros de petróleo também operam em baixa nesta manhã. Já na Ásia as Bolsas fecham majoritariamente em alta nesta terça-feira, após divulgação de dados de atividade econômica na China, que indicaram retomada de expansão da economia

.

Travelex

Leia também:

Bitcoin perde os US$ 19 mil. Pirâmide começa a desmoronar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Mais de 33 milhões de pessoas passam fome no Brasil

B3: Pacto pelos 15% com Fome, da Ação da Cidadania

Resgates em fundos de investimento superam aportes em julho

Saída de classes mais arriscada deve permanecer por mais um tempo após nova alta da Selic.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior