Cavernas

Ao criticar “o espírito daqueles que preferem continuar nas sombras das cavernas ao invés de procurar uma nova realidade”, referindo-se à abertura dos mercados, o presidente da União Panamericana de Engenheiros (Upadge) Cláudio Amauri Dall”Acqua provocou algumas respostas contundentes na comemoração dos 120 anos do Clube de Engenharia. O ex-presidente do clube e sub-secretário de Saneamento do Estado do RJ, Raimundo de Oliveira, alertou “, como professor há 35 anos da Escola de Engenharia, para a profundidade da crise que estamos vivendo. O Brasil está destruído e a engenharia no Brasil está destruída. Vejo a dificuldade para motivar os estudantes, que mais tarde irão se formar e, quando têm muito sucesso fazem exame para fiscal de renda”. Referindo-se ao termo “cavernas”, usado pelo presidente da Upadge, Ricardo Maranhão, ex-presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet) e vereador eleito do Rio disse que “foi a engenharia do passado que construiu a Petrobras, líder em exploração de petróleo em águas profundas; que construiu Itaipu, maior obra de engenharia deste século; e deu ao Brasil sua capital, Brasília, patrimônio da humanidade”.

Curto circuito
Se o nível dos funcionários é um espelho da empresa, a situação da Telemar é mais grave do que as agruras dos consumidores revelam. Esta semana, um leitor desta coluna voltou aos bancos escolares do Primeiro Grau ao tentar obter informações no serviço 102. Ao perguntar a telefonista sobre o número de um serviço de Recife, ouviu de volta a pergunta “Em que estado fica, senhor?”

Sustentável
O MST/RJ e a Fundação Instituto Estadual de Florestas (IEF) assinaram esta semana, no assentamento Sebastião Lan, em Casimiro de Abreu, convênio de cooperação técnica, para  atividades de defesa do meio ambiente e fomento florestal. A parceria num assentamento no entorno da Reserva Biológica Poço das Antas, área especial de preservação ambiental, é uma prova de que reforma agrária e meio ambiente não são incompatíveis.

Reino tucano
Segundo a Unicef, em 80% dos municípios brasileiros as crianças de até seis anos de idade vivem situação crítica. Todos os estados brasileiros têm cidades com baixo Índice de Desenvolvimento Infantil. A Unicef revela ainda que meio salário mínimo por mês é a única garantia de sobrevivência para famílias de 39% das crianças de até 6 anos, índice que salta para 61,5% no Nordeste.  Além disso, nas áreas rurais brasileiras, 32% das gestantes não fazem exame pré-natal e, das 23 milhões de crianças de até 6 anos do Brasil, apenas 6,3 milhões estão matriculadas em creches ou pré-escolas. Mais grave: cerca de 370 mil crianças de 5 a 9 anos trabalham no país.

Diagnóstico
O presidente do BNDES, Francisco Gros, reuniu-se, sexta-feira, com o diretor da Coppe, Segen Estefen, para assinar convênio de cooperação e intercâmbio científico e tecnológico. O objetivo é retratar a realidade do setor de transportes no país. Já no âmbito do convênio,  os professores do Programa de Engenharia de Transportes da Coppe desenvolverão o “Diagnóstico do setor de transporte hidroviário interior no Brasil”, focalizando as oito principais bacias hidrográficas do país, entre elas a Amazônica, a do São Francisco e a Paraná-Paraguai.

Modernidade do império
De um gozador, com leve tendência otimista, sobre o paleolítico sistema eleitoral norte-americano: “A coisa podia ser pior. Imagina se lá eles tivessem segundo turno. O resultado só sairia no próximo século.”

Cintura dura
Apesar de os fundamentos da economia seguirem de vento em popa – segundo os critérios da equipe econômica deificados pela mídia “chapa braca” – a crise insiste em se estender ao carnaval. Diante da ameaça de encalhe nas vendas, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) incumbiu cada escola de comprar 3 mil CDs dos sambas-enredo do carnaval deste ano. A Liesa é proprietária da gravadora responsável pela gravação.

Dolarização
“Este é o momento certo para Washington deixar claro sua boa vontade em se juntar a outras nações do hemisfério para realizar estudos cuidadosos sobre o que será necessário para adoção de uma moeda comum nas Américas e as consequências que advirão”. Este trecho faz parte do documento A Time for Decisions: U.S. Policy in the Western Hemisphere, divulgado na quinta-feira pelo Diálogo Interamericano, think tank norte-americana que traça planos para a política dos EUA na região. O estudo traz recomendações para o futuro presidente George Bush e mostra que a defesa da dolarização começa a ficar mais forte por lá. Entre as questões que o Diálogo coloca estão a seignorage (ganho com emissão da moeda) e a representação que outras nações poderiam ter no Federal Reserve (Fed, o banco central semi-privado dos EUA em que nem o presidente norte-americano exerce grande influência). Entre os brasileiros membros fundadores do Diálogo estão o presidente FH e o eterno candidato de oposição Lula.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFato novo
Próximo artigoFora do ar

Artigos Relacionados

Rio manda R$ 2,4 tri para União e só recebe R$ 171 milhões

Estado é um dos mais prejudicados da Federação.

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Últimas Notícias

Electrolux lança desafio para arquitetos e designers de interiores

A Archademy, primeiro Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, abre inscrições para a edição do seu Archathon Electrolux 2022. O...

Gestão do Hopi Hari ganha na justiça e se mantém no parque

A gestão do Parque Temático Parque Hopi Hari acaba de obter decisão favorável, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para...

Bancos chineses registram compra líquida de divisas em 2021

Os bancos chineses registraram uma compra líquida de divisas em 2021, pois a taxa de câmbio do iuan permaneceu geralmente estável e os fluxos...

RNI: Plano de negócio tem o melhor resultado dos últimos 7 anos

Prévia do 4T21 da construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, indica resultados superiores aos últimos sete anos. A empresa, que completou 30...

Chile quer renacionalizar cobre e bens públicos estratégicos

A campanha pela renacionalização do cobre e dos bens públicos estratégicos entregues às transnacionais durante o governo de Augusto Pinochet (1973-1990) tem sido impulsionada...