CBIRC aprova abertura de nova seguradora de pensões nesta terça-feira

A Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC, sigla em inglês), aprovou o estabelecimento de uma nova empresa de seguros de pensão no país, informou Xinhua Finance, citando o comunicado divulgado pela reguladora chinesa nesta terça-feira.

Foto tirada em 9 set, 2020 mostra a vista dos arranha-céus do Distrito Financeiro Central (CBD, sigla em inglês) em Beijing, capital da China. (Xinhua/Chen Zhonghao)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 23 mar (Xinhua) — A Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC, sigla em inglês), aprovou o estabelecimento de uma nova empresa de seguros de pensão no país, informou Xinhua Finance, citando o comunicado divulgado pela reguladora chinesa nesta terça-feira.

A seguradora, como a décima seguradora de pensão aprovada para operar os negócios, foi conjuntamente estabelecida por 17 empresas, incluindo as principais instituições bancárias, de seguros e de valores mobiliários do setor.

Entre os participantes, há 10 subsidiárias de gestão de patrimônio de bancos. A seguradora de pensão recém-aprovada possui um capital registrado de 11,15 bilhões de yuans, superando em muito os dados comparáveis ​​dos seus pares.

 

Tabela: Cinco maiores acionistas da recém-aprovada seguradora de pensão

微信截图_20220323141819.png

Fonte: CBIRC

 

A Securities Daily informou que, é esperado que a abertura da nova empresa de seguros de pensões estimule a inovação no setor de seguros de pensões profissionais, útil para enriquecer os produtos e os serviços relacionados e revigorar o mercado de pensões do terceiro pilar, isto é, o mercado de pensões pessoais orientado para o mercado na China.

O jornal cita especialistas dizendo que os produtos de empresas de seguro de pensão existentes na China não são relativamente ricos o suficiente, e a sua cobertura insuficiente de clientes é difícil de satisfazer a demanda diversificada dos clientes.

Conforme informa o comunicado do CBIRC, a nova seguradora de pensão está autorizada para fornecer serviços de anuidade, seguro de vida, seguro de acidentes, seguro saúde, resseguro dos negócios, gestão de fundos renminbi e em moeda estrangeira para fins de segurança previdenciária confiada pelos clientes, serviços de consultoria relacionados com gestão de pensões e utilização de capital de seguros permitida por leis e regulamentos.

Zhou Jin, parceiro da consultoria de serviços financeiros PwC China, disse ao Securities Daily que a indústria de pensões e os mercados financeiros relacionados têm enormes oportunidades para as instituições profissionais de seguro de pensão se desenvolverem acompanhando o envelhecimento acelerado da população.

Nos últimos dois anos, a reguladora chinesa permaneceu bastante cautelosa na aprovação de novas seguradoras de pensão, na tentativa de evitar o agravamento da concorrência de produtos homogêneos, caso os recém-chegados não possuíssem capacidade operacional sustentável e os seus negócios não apresentarem características, segundo Zhou.

A aprovação do CBIRC da nova empresa de seguros de pensão apontou para uma atenção destacada dos reguladores em relação à gestão de pensões profissional e padronizada, afirmou Dong Dengxin, chefe do instituto de pesquisa de finanças e valores mobiliários da Wuhan University of Science and Technology. Fim

Leia também:

A Cruz Vermelha da China fornece mais ajuda humanitária à Ucrânia

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Investidores estrangeiros mantém níveis de investimento na China

Espera-se que os investidores estrangeiros mantenham as suas tendências de investimento nas ações de categoria A em 2022, com o controle epidêmico nas regiões chinesas e o emergente valor relativo global do mercado de ações da China, informou Xinhua Finance, citando Fang Xinghai, vice-chefe da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC, sigla em inglês) nesta quarta-feira.

Guangzhou da China lança primeiro lote de títulos corporativos de C&R

O Porto de Guangzhou concluiu nesta terça-feira a emissão de títulos corporativos no valor de 1 bilhão de yuans (cerca de 148,4 milhões de dólares) para investidores na Bolsa de Shanghai, representando a primeiro lote dos títulos corporativos de inovação científica e tecnológica 2022 para Cinturão e Rota (C&R), informou Shanghai Securities News.

Os testes chineses para varíola dos macacos obtêm a certificação da UE

Algumas empresas chinesas anunciaram na quarta-feira que seus kits de detecção de ácido nucleico do vírus da varíola dos macacos obtiveram o certificado de registro CE da União Europeia (UE), informou o Shanghai Securities News nesta quinta-feira.

Últimas Notícias

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Tokenização: conceitos e casos de uso dessa tecnologia

BC e CVM acompanharão ao longo deste ano as operações dos projetos aprovados nos respectivos sandboxes regulatórios

Sim Pro Samba homenageia Lula Gigante

O Sim Pro Samba começa às 18h30, na Praça dos Professores. Gratuito!

Solução para o investidor no cálculo e declaração do IR

Usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs,

CVM divulga estudo sobre ESG e o mercado de capitais

Relação entre o mercado de capitais e o tema sustentabilidade,