Cemig SIM implanta usinas solares em empresas

A Cemig SIM, empresa controlada pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), começou a implantar usinas solares em empresas. O projeto gera energia limpa e renovável e pode ser concluído em até seis meses. Para a construção das usinas, a subsidiária firmou parceria com a Mori Energia. Juntas, as empresas pretendem implantar 32 usinas solares fotovoltaicas em 17 cidades do Estado, equivalente ao fornecimento de energia a 1,7 milhão de residências.

A companhia atua no mercado de energia compartilhada por meio de geração distribuída, cogeração e armazenamento de energia, serviços tecnológicos, eficiência energética, gestão de iluminação pública e utilidades e mobilidade elétrica.

Willian Souza, executivo de Soluções em Energia da Cemig SIM, explica que o sistema trabalha conectado na rede da distribuidora, onde a energia gerada é compensada no consumo total daquela propriedade. “Se eu gero 1000 kWh ao mês e utilizo apenas 900, o excedente será contabilizado em forma de crédito, permitindo sua utilização em um período de até 60 meses”.

Segundo ele, o sistema é destinado aos clientes A4 (de média tensão) – como supermercados, grandes padarias, pequenas e médias indústrias e clínicas. A economia pode chegar até 95% na tarifa de energia e o cliente continuará arcando integralmente apenas com o “custo da demanda”. “Tenho certeza de que reduzir custos operacionais será de grande ajuda para que os empreendedores possam se reerguer rapidamente após esse momento delicado que estamos vivenciando”, enfatiza o executivo. Ele não detalhou o custo de implantação.

Na implantação do sistema, a Cemig SIM oferece consultoria, desde a elaboração do projeto, fornecimento dos módulos fotovoltaicos, instalação a conexão com a distribuidora. Além da economia com a conta de eletricidade, passa a gerar sua própria energia compensando na sua fatura e fica protegido de eventuais variações de tarifa. Os interessados em economizar podem contatar a SIM por meio do contato@cemigsim.com.br solicitar uma proposta e contratar um dos planos de forma simples e ágil.

A implantação do sistema requer poucos meses. “Contando a partir do primeiro contato entre o cliente e a SIM, estimamos um tempo entre quatro e seis meses para implementar todo o sistema e iniciar a geração da própria energia. O prazo médio para retorno é de aproximadamente cinco anos. É um período curto, principalmente se comparado com a vida útil dos módulos fotovoltaicos é de 25 anos”, destaca Souza.

Em março, a empresa contabilizava mais de mil empresas e condomínios que aderiram à geração de energia solar compartilhada e já economizaram R$ 2,5 milhões. Com isso, 4,6 toneladas de gás carbônico deixaram de ser lançadas na atmosfera, colaborando para a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico de Minas Gerais.

 

Funcionamento

 

Os módulos solares são instalados nas dependências da empresa e a luz do sol captada é transformada em energia elétrica. Essa energia é consumida pela empresa e, caso não consuma tudo que foi produzido, é gerado crédito energético para utilização em até 60 meses.

Em março deste ano, a Cemig Sim anunciou que está em busca de novos parceiros para compor seu banco de fornecedores. Criada em outubro do ano passado, a empresa reúne 52 empresas cadastradas em diversas áreas, mas deseja ampliar o portfólio, principalmente nas áreas de mobilidade e armazenamento de energia.

Na ocasião, o executivo de soluções em energia da Cemig SIM, Willian Alves de Souza, explicou que no primeiro momento, o intuito é desenvolver trabalhos estratégicos nas áreas de geração distribuída, cogeração e armazenamento de energia, eficiência energética, mobilidade elétrica e gestão energética.

Para ser fornecedor da empresa, as empresas interessadas precisam cumprir uma série de exigências do setor estatal, cujo objetivo final inclui a competitividade das empresas e, consequentemente, das vendas e produtos no mercado. O cadastro de fornecedores não implica em compromisso de contratação obrigatória. As parcerias serão analisadas de acordo com oportunidade, critérios técnicos e administrativos, observadas as disposições legais aplicáveis à Cemig SIM.

Desde que foi criada, a empresa assinou contratos de parceria com empresas, associações e administradoras de condomínio em todo o Estado de MG, como: Fiemg, Minaspetro, CDL-BH, ACMinas, Federaminas, Sicoob-Cecremge, Sincodiv, Opala, Abih-MG, Prosind, Grupo Zelo, Pacto Administradora, Casa, construtora Patrimar e outros.

 

 

Artigos Relacionados

BC: Open banking significa oportunidades ilimitadas

Uma característica notável do momento atual é a velocidade das mudanças tecnológicas e o seu impacto no sistema financeiro. A frase é do presidente...

Oferta secundária das debêntures da Vale já tem preço

A Vale informou ao mercado nesta terça-feira que recebeu comunicado do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre precificação da oferta secundária...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.