Censura e interesses pessoais

A proposta de extinção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) não disfarça seu caráter revanchista. Mais grave é a tentativa de impor uma censura, a mesma que o governo interino empreende ao cortar verbas publicitárias de veículos de comunicação que não ajoelham diante do Planalto. É inegável a importância da rede pública, assim como acontece em dezenas de outros países que prezam sua cultura e independência. É inegável também que a EBC tem sérios problemas que precisam ser atacados. Neste caso, junta-se a praticamente todos os órgãos estatais. O Banco Central insiste na tese de metas de inflação e juros altos que paralisam o país, mas ninguém pensou em acabar com ele (privatizar mais do que já é seria impossível).

O radialista e jornalista Cadu Freitas, apresentador contratado de um programa diário na Rádio MEC AM, acrescenta uma denúncia à perseguição à EBC e a seus profissionais: “Tem uma situação que me deixa um tanto desconfiado dos críticos que surgem a cada dia. No tal modelo ‘meu pirão primeiro’, ousaria pesquisar se alguns deles tentaram emplacar programas dentro de uma das emissoras, sem sucesso. Aí, meus amigos e amigas, entra tudo num contexto perigoso que é transformar opinião pessoal em interesse pessoal”, escreve Cadu em um artigo.

O radialista lembra o início de tudo, com Roquette-Pinto, que criou a primeira emissora de rádio do Brasil e a doou ao governo, com objetivo de promover educação cidadã para construir país com mais igualdade por meio do rádio. E lembra também das importantes personalidades que passaram pelas emissoras. Cita uma, a Dona Fernanda. “Sim, Dona Fernanda Montenegro. Assim como tantos outros formadores de opinião do bem, ela já admitiu, publicamente, sua extrema gratidão pela Rádio MEC, onde começou a carreira. Pois é, temos história viva pra nos orgulhar.”

Samba de uma nota só

A operação que levou à prisão o ex-ministro Paulo Bernardo trouxe de volta a cobertura ao vivo das redes de televisão, com direito a helicóptero e tudo mais, destaque que esteve ausente nas últimas fases da Lava Jato.

Trouxe também de volta a questão: só petistas vão para o xilindró? Quando chegará a vez de tucanos e peemedebistas, para ficar apenas nestes dois partidos, que até agora só sofreram leves arranhões?

A esta pergunta, defensores da Lava Jato rebatem que um erro não justifica outro, e que, se no momento estão pegando o PT, não se pode pretender inocentar o partido porque outros não são punidos. Correto. Mas… será que chegará o dia de uma fase contra os demais?

Aécio Neves foi citado várias vezes por delatores da Lava Jato. Até agora, segue tranquilo no Senado. Bem, ele tem imunidade. Mas a irmã dele, também já citada, não. Já houve o caso de a Polícia Federal prender a cunhada do petista João Vaccari, que teria sido confundida com a irmã.

Eduardo Cunha, outro também com – vasta – imunidade, permanece livre, assim como sua mulher, ex-apresentadora da Globo que nunca teve mandato eletivo.

Um erro não justifica outro, mas ficar sempre no mesmo lado da rua justifica suspeitas de perseguição.

Rápidas

A praticagem de São Paulo lança dia 28 o Redraft, sistema desenvolvido em parceria com a Universidade São Paulo para aumentar a segurança das manobras e otimizar as operações no Porto de Santos *** A RG LOG, operadora logística que faturou R$260 milhões em 2015, nomeou Ivo Romani como diretor Financeiro. Ele é membro do Ibef e do IBGC *** Neste domingo, o Carioca Shopping abre as portas para o Encontro de Autos Antigos do Antigomobilistas da Vila da Penha. Serão expostas, das 9h às 12h, 70 raridades das décadas de 1930 a 1990, de Fusca e Brasília a Karmann Ghia, MP Lafer e Gordini *** A Marinha abriu concurso público para o Quadro Complementar do Corpo da Armada e Corpo de Fuzileiros Navais (QC-CA/FN), voltado para graduados em Ciências Náuticas, diversas áreas da Engenharia e Educação Física. A oferta total é de 44 vagas, só para homens. As inscrições são aceitas de 27 de junho a 29 de julho em www.ingressonamarinha.mar.mil.br *** A FGV realiza em São Paulo, de 11 a 15 de julho, a segunda edição da Semana Educação Executiva, com palestras gratuitas de executivos de empresas como Toyota, Nissan, Hyundai, Volvo, consultores e professores. As oito palestras ocorrem a partir das 19h, na unidade localizada na Rua Itapeva, 432. Inscrições: http://mgm-saopaulo.fgv.br/eventos/semana-educacao-executiva-11-15-de-julho *** Entre 28 e 30 de junho, acontecerá no Transamérica Expo Center, em São Paulo a Oracle OpenWorld Latin America 2016, oportunidade para conhecer as principais novidades no mercado de tecnologia e para conhecer potenciais clientes. Inscrições no site www.oracle.com/br/openworld/register/index.html *** O Shopping Jardim Guadalupe (RJ) realiza até dia 30 a campanha “Inverno Quente”, que recolhe roupas e agasalhos e envia para instituições cadastradas *** *** O Ibef-Rio apresenta o curso Tributação sobre Energia Elétrica, de 18 a 21 de julho, com Osvaldo Angelim. Mais informações: (21) 2217-5566 ou www.cursosibefrio.org.br/curso/tributacao-sobre-energia-eletrica/

Artigo anteriorO único perfeito
Próximo artigoMelhor recorrer aos búzios
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Objetos do Coração ajuda o Pró Criança Cardíaca

E-commerce que vende objetos para casa e decoração exclusivamente em formato ou com estampa de coração vai doar 10% da venda de produtos selecionados...

Empresa Fácil oferece estudo de viabilidade a novos empreendedores  

Sistema permite a emissão do Alvará Provisório em 24h.

Fatores comportamentais podem influenciar nos acidentes de trabalho

Psicóloga e uma assistente social e também técnica de segurança do trabalho criaram o jogo Conversa Segura.

Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em maio

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em maio de 2021 na comparação com maio do ano passado, segundo...

EMS explica faturamento com o ‘kit Covid’

farmacêutica brasileira EMS informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do kit Covid-19 em 2020,...