Centrais fazem ato amanhã em defesa do INSS

Para o presidente da Força Sindical, 'quem mais sofre com toda esta precariedade são os trabalhadores adoecidos e os mais pobres'.

Conjuntura / 12:14 - 13 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Força Sindical, CUT, UGT, CTB, CSB, NCST, CSP-Conlutas, CGTB e Intersindical realizam amanhã o Dia Nacional de Mobilização Contra o Desmonte do INSS.

Os atos serão realizados em várias cidades do país onde tenham agências do INSS. Em São Paulo, a concentração será a partir das 9h, na agência da Rua Coronel Xavier de Toledo, 280. Em seguida, os manifestantes farão uma caminhada até a Superintendência do INSS, no Viaduto Santa Ifigênia.

O presidente da Força Sindical, Miguel Torres, considera fundamental a participação nos atos, por todo país, para alertar a sociedade e fortalecer a cobrança ao governo sobre os problemas do órgão público e o descaso do governo diante desta realidade.

"Quem mais sofre com toda esta precariedade são os trabalhadores adoecidos e os mais pobres", critica o líder sindical.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor