Centro de dados da China impulsiona investimentos e usufrui políticas

Atualmente, a taxa de crescimento da receita da indústria de centro de dados da China é significativamente maior do que a do mundo, atingindo 150 bilhões de yuans (cerca de 22,72 bilhões de dólares) em 2021, com uma taxa de crescimento anual composta de 30,69% nos últimos três anos, segundo um white paper publicado pela Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicação (CAICT), informou Economic Information Daily nesta quinta-feira.

Funcionário verifica equipamentos em um centro de dados da China Mobile, na Nova Área de Gui’an, na Província de Guizhou, sudoeste da China, 24 de maio de 2021. (Xinhua/Ou Dongqu)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 28 abr (Xinhua) — Atualmente, a taxa de crescimento da receita da indústria de centro de dados da China é significativamente maior do que a do mundo, atingindo 150 bilhões de yuans (cerca de 22,72 bilhões de dólares) em 2021, com uma taxa de crescimento anual composta de 30,69% nos últimos três anos, segundo um white paper publicado pela Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicação (CAICT), informou Economic Information Daily nesta quinta-feira.

O white paper de 2022 da CAICT sobre os centros de dados também antecipa que a receita do setor continuará crescendo rapidamente no futuro, ultrapassando 190 bilhões de yuans este ano, com demandas crescentes impulsionadas por nova infraestrutura, transformação digital, políticas motivadoras como a iniciativa Digital China e necessidades práticas das empresas a fim de reduzir custos e aumentar os benefícios.

Políticas favoráveis ​​também estão provendo suporte constante aos investimentos na construção de centro de dados na China. O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação está empenhado em orientar a expansão de investimentos efetivos para promover os projetos de cluster de centro de dados, otimizando a estrutura dos centros de dados e acelerando a transformação para alta tecnologia, alto poder computacional e alta eficiência.

A China tem lançada um megaprojeto para construir um sistema nacional integrado de big data, que envolve o estabelecimento de oito centros nacionais de computação e dez clusters nacionais de centro de dados, de acordo com a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC). O principal planejador econômico aumentará ainda mais os seus esforços de coordenação, visando promover a influência dos oito centros de computação nacionais, estimulando o investimento upstream e downstream da indústria de centro de dados.

Conforme exigido pela estrutura do megaprojeto, entidades relevantes do mercado participaram proativamente na construção de centro de dados, revelando efeitos iniciais de direcionamento de investimentos, disse Sun Wei, funcionário do departamento de inovação e desenvolvimento de alta tecnologia da NDRC. 25 projetos em dez clusters nacionais de centro de dados começaram a ser construídos desde este ano, com o poder de computação igual ao de cerca de 27 milhões de computadores pessoais, disse Sun.

Prevê-se que, durante o período do 14º Plano Quinquenal (2021-2025), os investimentos em centro de dados somarão mais de 3 trilhões de yuans, com uma taxa de crescimento anual de mais de 20%. Fim

Leia também:

Investimento direto não financeiro chinês no exterior cresce 6,3%, Q1

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Comércio da China com países do Cinturão e Rota registra crescimento

Os laços econômicos e comerciais da China com os países ao longo do Cinturão e Rota se fortaleceram significativamente na última década, afirmou Sheng Qiuping, vice-ministro do Comércio da China, nesta sexta-feira.

Produção de chá eletrificada impulsiona indústria de chá na China

A produção de chá eletrificada na Província de Hunan, na região central da China, um dos setores de eletrificação rural promovidos pela State Grid Hunan Electric Power Co., Ltd., está ajudando a indústria local de chá a prosperar em uma forma de produção mais verde e eficiente.

JD.com acompanha sua receita líquida crescer 18% no primeiro trimestre

A gigante do comércio eletrônico da China, JD.com, observou sua receita líquida aumentar 18% ano a ano no primeiro trimestre deste ano, informou o China Securities Journal.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais