Cerca de 320 mil empresas foram abertas no Brasil

O Amapá foi o estado que mais teve crescimento na abertura de empresas em outubro. Foram abertos 755 novos empreendimentos, com crescimento de 15,62% se comparado com setembro. Espera-se que as empresas não tenham sofrido tanto com o apagão, que começou na terça-feira passada. Os dados são do Mapa de Empresas, ferramenta digital do Ministério da Economia para acompanhamento dos registro empresariais no país. De acordo com o mapa, foram abertas 320.559 empresas e fechadas 89.306 em outubro. O saldo é positivo de 231.253. Segundo o ministério, outras unidades da federação com maior aumento percentual em relação ao registro de novas empresas estão também Mato Grosso (5,13%) e Rondônia (3,71%). Tocantins registrou a maior variação em relação ao número de empresas fechadas. Em outubro, 601 negócios foram finalizados no estado, o que representa aumento de 19,48% em relação ao mês anterior, segundo o ministério.

A atividade econômica com maior crescimento em outubro foi o comércio varejista de bebidas, que teve aumento de 4,81% no registro de novos negócios, na comparação com o mês anterior. Transporte rodoviários de cargas cresceu 4,77% e promoção de vendas, 3,26%.

Para o Ministério da Economia, os números são mais uma evidência da retomada da atividade econômica, após os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus, e do impacto das medidas de simplificação e melhoria do ambiente de negócios, bem como de transformação digital, implementados pelo governo.

Em outubro, para abrir uma empresa, o empreendedor levou, em média, 2 dias e 17 horas. O tempo é 4 horas menor que o registrado em setembro. A medição registrada no mês de outubro é a menor para a série histórica do Mapa de Empresas, que possui dados desde janeiro de 2020.

Goiás segue na liderança como a unidade da federação mais rápida no processo de abertura de empresas no Brasil. No estado, leva-se, em média, 1 dia e 2 horas para registrar um novo negócio. A Bahia é o estado onde o empreendedor leva mais tempo para iniciar sua empresa: 6 dias e 6 horas.

Artigos Relacionados

Iniciativa realiza monitoramento de Covid-19 em taxistas do Rio

Parceria com empresa de tecnologia da saúde garante informação online ao passageiro.

Ironfisio fecha parceria com Equipe Luiz Paulo de Jiu-Jitsu

A combinação entre fisioterapia desportiva e a paixão pelo esporte.

Maior parte das empreendedoras de sucesso está na meia idade

Roberta Borrelli fala sobre motivação e empreendedorismo no mês da Mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bens duráveis: encomendas avançaram mais que o esperado em janeiro

Segundo analista, as revisões de dezembro foram altistas.

Coronavírus já contaminou 16% da população da capital paulista

Levantamento mostra aumento de 2 pontos percentuais em relação a janeiro.

Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça

Pesquisa revela que novo auxílio emergencial de R$ 200 não compensará a renda dos informais diante da atual pandemia no país.

IGP-M acumula inflação de 28,94% em 12 meses

Segundo FGV, taxa ficou em 2,53%, em fevereiro, após registrar 2,58% em janeiro.

Confiança do comércio tem leve alta em fevereiro

Segundo a FGV, é a primeira alta depois de quatro quedas consecutivas.