30.5 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 17, 2021

Cerco

A utilização de alimentos geneticamente modificados – transgênicos – na merenda das escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro está proibida. A Lei 3.908, que trata do assunto, foi sancionada pela governadora Benedita da Silva e publicada no Diário Oficial desta sexta-feira. Outra restrição aos transgênicos é a obrigatoriedade de prévio licenciamento, pela Comissão Estadual de Meio Ambiente (Ceca), da comercialização de produtos geneticamente modificados ou derivados. E a governadora envia nesta segunda-feira mensagem à Assembléia pedindo sanção da lei que proíbe plantio, importação e venda de transgênicos no estado.

Data fatídica
O medo de voar no dia 11 de setembro tomou conta dos viajantes europeus, obrigando empresas aéreas a mudar sua escala de vôos no aniversário de um ano dos ataques terroristas contra os Estados Unidos. Companhias como British Airways, Virgin Atlantic e Air France disseram terem registrado uma queda na procura por passagens para o próximo 11 de setembro. “Posso dizer que cancelamos 26 vôos transatlânticos previstos para 11 de setembro, dos quais 24 para os ou vindo dos EUA e dois para Barbados”, afirmou uma porta-voz da British Airways, a maior companhia aérea da Europa. A empresa realiza normalmente 78 vôos transatlânticos por dia. A Air France informou ter cancelado dois vôos previstos para a data, um para Nova York e outro para Washington, devido à pequena procura por reservas.

Queijos
Frescal não é sinônimo de fresco, alerta a bióloga Luciane Oimari, da Unicamp, que analisou 210 amostras deste queijo em Campinas e constatou que 70 estavam fora de um ou mais padrões microbiológicos, impróprias para consumo. O Minas frescal só perde em vendas para os queijos prato e mussarela. Os resultados do exames estão na edição desta semana do jornal da Unicamp (www.unicamp.br).

Folga de Eleazar
Os projetos de financiamento do mês de julho na carteira do BNDES voltam a ganhar decisões na próxima semana. Por duas semanas, o presidente, Eleazar de Carvalho Filho, tirou folga, uma espécie de miniférias. Na volta, a pauta das reuniões de Diretoria será desobstruída com o exame dos pedidos de empréstimos dos setores agrícola e de energia. A velocidade prometida é de baixar o tempo médio de exame dos pleitos de 35 para 20 dias.

Troco
Segundo a France Presse, a Comissão Européia anunciou sexta-feira a aprovação de socorro financeiro de US$ 200 milhões para a Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, países que integram o Mercado Comum do Cone Sul (Mercosul). O dinheiro será liberado ao longo do período que vai deste ano até 2006 e será destinada ao financiamento das reformas econômicas e sociais de “modernização”. A ajuda será de, aproximadamente, 64 milhões de euros para o Brasil, 66 milhões de euros para a Argentina, 52 milhões de euros para o Paraguai e 19 milhões de euros para o Uruguai.
“Este pacote é um sinal de nosso apoio e solidariedade a esses países nestes momentos difíceis. A Comissão Européia está segura de que estas nações poderão contornar a atual tormenta e confia que as atuais boas relações entre o FMI e o Brasil e entre o FMI e o Uruguai ajudarão a produzir resultados positivos a cada um desses países e à região”, disse o porta-voz Michael Curtis.

Caneladas
Na medida provisória em que, num último agrado aos negocistas do futebol, o governo FH obriga os clubes a se transformarem em empresa, falta detalhe fundamental. Ao tornar obrigatória a realização de auditoria nos clubes, faltou determinar que elas sejam feitas por consultorias norte-americanas. Como a Arthur Andersen, por exemplo.

Nem aí
Afinal de que tanto ri a deputada Rita Camata (PMDB-ES), candidata a vice na chapa de José Serra?

Artigo anteriorMeta furada
Próximo artigoCarentes
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.