Cessão onerosa reduzirá participação da Petrobras no pré-sal para menos da metade

Projeto permitirá repassar à iniciativa privada quase 21 bilhões de barris de petróleo, que valem US$ 800 bilhões

A venda dos direitos da Petrobras, conhecida como cessão onerosa, reduzirá a participação da estatal no pré-sal de 48% para 28%. Esta fatia já foi de 60%, denunciou Fernando Siqueira, da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet).

Em audiência pública das comissões de Trabalho e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, realizada nesta terça-feira, Siqueira também criticou o projeto de lei em tramitação no Senado (PLC 78/18), já aprovado na Câmara, que permite a venda de parte dos direitos da Petrobras no pré-sal, equivalente a 3,5 bilhões de barris.

Ele explicou que a Agência Nacional do Petróleo já indicou que existem outros 17,2 bilhões de barris excedentes nos campos em questão. No total, portanto, seriam repassados à iniciativa privada 20,7 bilhões de barris, avaliados, segundo Siqueira, em US$ 800 bilhões.

E mais absurdo ainda é o fato de que no campo de Búzios, que é um dos componentes da cessão onerosa, a Petrobras tem o direito de explorar 3 bilhões de barris; mas o campo tem hoje 13 bilhões previstos. Então você vai ter a Petrobras dona de um campo e aparece uma multinacional, que certamente vai entrar, e vai produzir 10 bilhões dentro do mesmo campo”, alertou, segundo a Agência Câmara Notícias. “Não existe no mundo! É um absurdo tão grande”, protestou o dirigente da Aepet.

 

(foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Deputados querem venda direta de etanol aos postos

Em audiência pública da Comissão de Minas e Energia, realizada nesta terça-feira, deputados defenderam a aprovação da Medida Provisória 1063/21, que autoriza produtores e...

Lira e Pacheco querem limitar calote de precatório a ‘só’ R$ 49 bi

Mais da metade dos pagamentos ficaria para negociações não determinadas.

Sudeste e Nordeste lideram déficit habitacional

Número de famílias sem casa própria pulou de 5,7 milhões, em 2016, e deve chegar a 6,1 milhões em 2021. 

Últimas Notícias

Queiroga ficará em quarentena em NY

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não volta por enquanto ao Brasil. O motivo não foi o gesto obsceno que fez com o dedo,...

Startup de inteligência artificial terá acesso ao hub de dados da B3

A 4KST, fintech de inteligência artificial, com foco em eficiência financeira, e a B3 anunciaram nesta terça-feira um acordo com foco em compartilhamento e...

BNDES: R$ 166 milhões para linhas de transmissão da Energisa Tocantins

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 166 milhões para a Energisa Tocantins Transmissora de Energia (Grupo Energisa),...

UE tenta expandir oportunidades no oeste da China

Nos primeiros oito meses de 2021, o volume comercial entre a China e a União Europeia (UE) aumentou 32,4% ano a ano. O volume...

Deputados querem venda direta de etanol aos postos

Em audiência pública da Comissão de Minas e Energia, realizada nesta terça-feira, deputados defenderam a aprovação da Medida Provisória 1063/21, que autoriza produtores e...