23.8 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

‘Chame o ladrão, chame o ladrão’

Meu voto é para dizer que o Brasil tem jeito, o prefeito de Montes Claros mostra isso para todos nós com sua gestão.” Doze horas depois de a deputada federal Raquel Muniz (PSB-MG) ter proferido seu voto pela continuidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff, Ruy Adriano Borges Muniz (PSB), prefeito da cidade mineira e marido da parlamentar, foi preso pela Polícia Federal, na Operação Máscara da Sanidade II – Sabotadores da Saúde, que investiga fraudes para favorecer hospitais privados ligados ao prefeito.

Fatos como esse ajudam a explicar a forma como a imprensa mundial tratou a votação ocorrida na noite de domingo. “A democracia assumiu a forma de uma farsa”, assinalou Eliane Brum, do The Guardian. “A tentativa de remover a presidente democraticamente eleita – que ganhou com 54 milhões de votos e não é acusada de nenhum crime – é liderada por um homem acusado de corrupção e lavagem de dinheiro: Eduardo Cunha”, prossegue. “Ao contrário da presidente, boa parcela dos que votaram contra ela está sob investigação de crimes que vão de corrupção ao emprego de trabalho escravo”.

A revista alemã Der Spiegel classificou a sessão da Câmara que aprovou o início do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff como uma “insurreição de hipócritas” e disse que o Congresso, com o uso de meios “constitucionalmente questionáveis”, colocou o Brasil numa “robusta rota de direita”. O The New York Times tratou do impeachment na primeira página – com destaque, ao lado da manchete – lembrando que o vice Michel Temer enfrenta as mesmas acusações feitas contra Dilma Rousseff, “além de suspeitas de que está envolvido em um esquema de compra ilegal de etanol”. Sobre Eduardo Cunha, diz que o próximo da fila da sucessão presidencial é acusado de utilizar uma conta bancária na Suíça para ocultar US$ 40 milhões em propina. Sobre o presidente da Câmara, o espanhol El País destaca no título: “Cunha entrega o impeachment e deve receber ‘anistia’ em troca”.

Eliane Brum, do The Guardian, destaca que a situação não chegou a esse ponto sem culpa de Dilma e do Partido dos Trabalhadores: “Cedo em seu segundo mandato, ela renegou as promessas de campanha, fazendo o oposto do que prometera, levando perdas aos trabalhadores. A crise econômica se aprofundou, deixando perto de 10 milhões de brasileiros desempregados. Até simpatizantes do PT acham que a presidente é incompetente.” Apesar da crítica, afirma a editorialista do jornal britânico: “No dia histórico, brasileiros aprenderam uma perigosa lição sobre sua jovem democracia: seus votos não valem muito.”

Agora não é crime

O senador tucano Tasso Jereissati não disfarçou tanto assim sobre o caráter golpista da atuação do PSDB. No dia seguinte à votação, disse que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terá sensibilidade e não retirar o atual vice Michel Temer da presidência, caso ele a assuma. A denúncia no TSE contra a chapa Dilma–Temer foi feita pelo PSDB.

Fora, Cunha!

Abaixo assinado no site Avaaz pedindo pressa no julgamento de Eduardo Cunha tinha 661 mil assinaturas às 19h desta segunda-feira. O número crescia na base de uma nova adesão por segundo.

Líder

A China continuou a liderar o ranking mundial de pedidos de patentes pelo quinto ano consecutivo, diz a agência Xinhua. Mais de 60% dos pedidos chineses foram apresentados por empresas de trem de alta velocidade, energia nuclear, tecnologia de telecomunicações móveis de 4G e transmissão elétrica de ultra-alta-voltagem, de acordo com Wang Zhongyu, diretor da Confederação de Empresas da China.

Carga e receitas em alta

O Porto Itapoá, localizado no Norte de Santa Catarina, registrou um aumento de 14,50% no volume de cargas em 2015, com um total de 548.463 TEUs (medida padrão para contêineres) movimentados, contra 478.982 TEUs em 2014. A receita operacional totalizou R$ 20,4 milhões, superando em 43,13% a de 2014. A evolução ocorreu tanto no segmento de longo curso, onde houve um aumento de 18,6%, quanto no de cabotagem, onde o acréscimo foi de 38%. Apenas nas operações de transbordo houve pequeno recuo, de 7,3%.

Patrício Junior, presidente do porto, afirmou que “o Terminal tem se destacado não apenas nas crescentes movimentações, mas tem conquistado seu espaço num ambiente de intensa competitividade”. O Itapoá começou a operar em junho de 2011 e hoje é o sexto maior terminal de contêineres do país.

Rápidas

Nesta terça-feira, a partir das 19h, será lançado em Belo Horizonte (MG) o livro Impactos do Novo CPC sobre o Processo Judicial Tributário, na Livraria D’Plácido. Entre os autores e coordenadores está o tributarista e professor Valter de Souza Lobato, sócio da banca Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados *** A partir desta quarta-feira, o Instituto Masan vai oferecer, no Rio, curso gratuito de assistente administrativo para surdos. As inscrições podem ser feitas até esta terça-feira pelo Facebook do Instituto Masan ou através do telefone e whatsapp (21) 9672-80917 *** Octavio Barros fala no Ibef-Rio dia 28 de abril, não de maio, como publicado *** A primeira câmara de comércio da América Latina, a AmCham Rio, completa 100 anos nesta terça.

Atualizada às 16h18 de 19/4/2016

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.