Champanhe no gelo

Presente em mais de 50% dos lares do país, quase sinônimo de geladeira, a Consul completa 60 anos. Original de Joinville, em Santa Catarina, a empresa iniciou sua trajetória com a produção de refrigeradores. Nessas seis décadas, já fabricou mais de 55 milhões de produtos.

Procurado pela Interpol
As notícias de suposta “perseguição política a líder da oposição” na Venezuela são incorretas e encobrem a prisão de terrorista procurado pela Interpol. É o que diz nota da Embaixada da Venezuela no Brasil acerca da detenção de Alejandro Peña Esclusa, bem como a captura e deportação de Francisco Chávez Abarca, “alerta vermelho da Interpol”.
Abarca, diz a Embaixada, seria braço direito do “terrorista confesso” Luis Posada Carrilles e procurado pela polícia internacional com código de máxima periculosidade. O cubano Carrilles “é responsável por mais de 70 atentados contra diversos países. Foi o mentor do ataque terrorista a um avião comercial cubano em que morreram 73 pessoas em 1976, bem como das quatro detonações de explosivos em pontos turísticos de Havana em 1997, que vitimaram um turista italiano”.
Já Esclusa, integrante da organização TFP (Tradição, Família e Propriedade), “foi conselheiro do grupo que articulou o golpe de Estado em Honduras em 2009, tendo sido inclusive condecorado por Roberto Michelletti. Além disso, ele participou da tentativa de golpe contra o presidente Hugo Chávez em 2002”, diz a Embaixada venezuelana. Finalmente, garante que todos os atos foram acompanhados pelo advogado de Esclusa.
No site da emissora Telesur há vídeos com as denúncias contra Chávez Abarca, nos quais ele confessaria que estava arquitetando um plano conspiratório contra o processo eleitoral venezuelano.

Ouro negro
A carioca Nasajon Sistemas associou-se à Sinergia Soluções em Informática, com sede em Campos dos Goytacazes, para oferecer serviços de TI para Folha de Pagamento, Recursos Humanos, Contabilidade etc. no Norte Fluminense, região que cresce puxada pela extração de petróleo.

Pretexto da hora
Encerrada a Copa do Mundo de futebol na África do Sul, surge o pretexto da Copa de 2014, no Brasil, para os que defendem a concessão à iniciativa privada dos aeroportos administrados pela Infraero. Para reforçar os argumentos usam até mesmo o golpe baixo de aterrorizar a sociedade. Nenhum dos profetas do caos, entretanto, lembra de citar que, no transporte de passageiros sob concessões privadas, seja metrô, ônibus, barcas ou trens, os passageiros vivem terror diário.

Eficácia
As mulheres “são mais eficazes nas vendas do que os homens”, afirma um dos maiores especialistas em marketing e vendas no Brasil, Cláudio Tomanini. Um dos exemplos citados por ele é que, com mais pessoas em um ambiente ou em eventos sociais, as mulheres são capazes de identificar as oportunidades ao seu redor, dosando conversas e otimizando o tempo de contato com cada interlocutor. “Por isso elas são excelentes na ampliação do network.”, explica Tomanini.

Para elas
Equipamentos mais leves e fáceis de manusear, de olho na crescente presença da mulher trabalhadora no campo. Empresas como a Husqvarna, por exemplo, investem no segmento. A motosserra T435 pesa menos de três quilos e meio e “reflete a mudança no cenário brasileiro, com maior presença da mão de obra feminina”, declara Ronaldo Callmann, gerente de Marketing e Produto da multinacional.
De acordo com o IBGE, no fim do ano passado as mulheres representaram 45,1% da população ocupada, com um total de 9,6 milhões de trabalhadores no país. Enquanto na cidade 35,5% delas trabalham em empresas com carteira assinada, no campo, a maioria atua na plantação de grãos ou em trabalhos domésticos.

Do contra
Um “jornalão” do Rio decidiu combater a exploração do pré-sal. Neste caminho, daqui a pouco vai ser contra a siderúrgica da CSA, contra as montadoras de automóveis estabelecidas no Rio, contra o Pão de Açúcar…

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDuopólio
Próximo artigoEngenheiros do Estado

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...