China aprova seguradoras a investirem em REITs de infraestrutura

A Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC) aprovou nesta quarta-feira as seguradoras a investirem em fundos de investimento imobiliário (REITs) de infraestrutura oferecidos publicamente, informou Xinhua Finance.

Foto aérea tirada em 16 Nov, 2021 mostra o Guilin-Liucheng Expressway no Distrito Rongan, na Região Autônoma Zhuang de Guangxi, sul da China.

Xinhua - Silk Road

Beijing, 18 Nov (Xinhua) — A Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC) aprovou nesta quarta-feira as seguradoras a investirem em fundos de investimento imobiliário (REITs) de infraestrutura oferecidos publicamente, informou Xinhua Finance.

CBIRC disse que foi tomada a iniciativa de aumentar a liquidez dos ativos de infraestrutura já existentes e aumentar a proporção de financiamento direto.

O relatório citou um funcionário da CBIRC dizendo que o esboço da China do décimo quarto Plano Quinquenal (2021-2025) propunha explicitamente a impulsionar o desenvolvimento saudável das REITs de infraestrutura, utilizar efetivamente os ativos existentes e promover uma boa circulação entre os ativos existentes e novos investimentos.

Desde o final de junho, REITs oferecidos publicamente foram listados nas bolsas de Shanghai e Shenzhen da China e funcionaram de forma estável, enquanto o capital de seguro, caracterizado por seu longo prazo, grande volume e fonte estável, pode perfeitamente satisfazer a demanda financeira de programas de infraestrutura, afirmou o funcionário.

Em geral, REITs de infraestrutura oferecidos publicamente podem fornecer fluxos de caixa estáveis e de longo prazo, para adaptar à longa duração do capital de seguro, visto que os seus ativos subjacentes são projetos de infraestrutura com períodos operacionais relativamente longos e distribuição de dividendo obrigatório.

Além disso, REITs de infraestrutura oferecidos publicamente apresentam baixa relevância para as principais categorias dos ativos financeiros como ações e títulos, úteis para seguradores a reduzir riscos de investimento.

Ademais, eles apresentam padrões de emissão unificados que exigem um nível relativamente alto de divulgação de informações e aceitam ao mesmo tempo supervisão pública, permitindo assim que sejam produtos padronizados para seguradoras a participarem de investimentos em projetos de infraestrutura.

Pelo final de setembro este ano, seguradoras investiram 3,31 trilhões de seu capital para projetos de infraestrutura de transportação, energia, conservação de água e reformas de zonas velhas da cidade, por meio de planos de dívida ou de investimento de capital e outros.

CBIRC estabelece ao mesmo tempo limites para seguradoras a investirem nos REITS de infraestrutura oferecidos publicamente.

Para investir diretamente em REITs de infraestrutura oferecidos publicamente, grupos seguradoras e empresas de seguros devem ser capazes de administrar investimentos imobiliários e ter uma pontuação maior que 80 na avaliação da capacidade de gestão de ativos e passivos no mesmo ano, com o índice de solvência abrangente não menos que 150% no final do trimestre anterior.

Para investimentos em REITs de infraestrutura oferecidos publicamente por meio de empresas de gestão de ativos de seguros ou outras instituições profissionais de gestão, grupos de seguro e seguradoras devem obter pontuações maiores que 60 na avaliação da capacidade de gestão de ativos e passivos no último ano e manter a taxa de solvência não menos que 120% no final do trimestre anterior.

Empresas de gestão de ativos de seguros encarregadas a investir capital de seguro em REITs de infraestrutura oferecidos publicamente ou investir neles por meio de produtos de gestão de ativos de seguros, devem ser qualificados na gestão de planos de investimento de dívida e ter uma classificação não inferior que C conforme os reguladores no último ano.

Uma pesquisa feita por Beijing Business Today, um jornal de Beijing, mostra que cerca de um quinto das 80 seguradoras de vida e 83 seguradoras de propriedade foram desclassificadas para o investimento em REITs oferecidos publicamente, em termos de insuficiência da taxa de solvência ou classificações de risco, independentemente das suas habilidades de gestão de ativos e passivos.

Leia também:

Porto de livre comércio da China revela plano de abertura

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China toma medida para lidar com a inadimplência da Evergrande

Um passo crucial foi dado para abordar a recente inadimplência da incorporadora imobiliária China Evergrande Group, depois que o governo provincial de Guangdong realizou uma conversa regulatória com seu presidente e concordou em enviar um grupo de trabalho à empresa.

Indústria florestal floresce em Baise de Guangxi excedendo 15 bi yuans

A cidade de Baise, localizada na Região Autônoma Zhuang de Guangxi no sul da China, testemunhou a prosperidade da indústria florestal da cidade desde quando foi aprovada pelo Conselho do Estado para estabelecer uma zona piloto de desenvolvimento crítico e abertura em 2020, resultando em uma produção anual de mais de 15 bilhões de yuans no setor.

Cooperação China-Cingapura cria palcos para talentosos na China

Graças ao aprofundamento da cooperação entre China e Cingapura ao longo dos anos, a metrópole de Chongqing no sudoeste da China atraiu cada vez mais talentosos interdisciplinares a trabalharem juntos por um futuro melhor para os dois países.

Últimas Notícias

Lendas das small caps – market timing, recuperação e liquidez

O Monitor Mercantil publica a segunda parte do trabalho, iniciado no dia 18 de novembro, feito pela Trígono Capital sobre as sete lendas das...

Pesquisa mostra saúde financeira dos brasileiros

O brasileiro está “mais apertado” por conta da pandemia de Covid-19, com 6 em cada 10 pessoas reduzindo gastos neste período. E mais: 66%...

Recorde de retiradas líquidas da poupança: R$ 12,37 bi

O Banco Central (BC) informou, nesta segunda-feira, que as retiradas da caderneta de poupança superaram os depósitos em R$ 12,377 bilhões, em novembro. Essa...

Petrobras poderá se tornar uma empresa suja

A Petrobras anunciou no último dia 24 de novembro seu plano estratégico 2022-2026, com investimentos previstos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos....

Empresas abertas na pandemia são 452% mais vulneráveis a fraudes

Com a chegada da pandemia e o aumento do desemprego, muitos brasileiros viram no empreendedorismo a oportunidade de conseguir uma renda mensal. A criação...