China: banco de política arrecada 1,5 bi de iuanes

Capitais serão principalmente usados para apoiar os esforços de revitalização rural do país e a luta contra coronavírus.

Internacional / 14:20 - 13 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Banco de Desenvolvimento Agrícola da China anunciou nesta quinta-feira que arrecadou 1,5 bilhão de iuanes (US$ 214,3 milhões) através dos bônus dim sum de cinco anos no início desta semana.

O banco de política foi o primeiro emissor no Ano do Rato no mercado de bônus em Renminbi no exterior.

Os capitais serão principalmente usados para apoiar os esforços de revitalização rural do país e a luta contra o surto do novo coronavírus, segundo a instituição.

A emissão de 1,5 bilhão de iuanes aumentou o total de bônus do banco para 4,5 bilhões de iuanes.

Os bônus dim sum são emitidos fora da China, mas denominados em moeda chinesa, o iuane. O termo se originou de Hong Kong e vem de um estilo de gastronomia cantonesa que envolve uma variedade de delícias pequenas.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor