China continua atraente para capital estrangeiro apesar de epidemia

Na semana passada, circular do Ministério do Comércio enfatizou o apoio a grandes projetos de investimento estrangeiro.

Internacional / 11:09 - 21 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Ministério do Comércio disse nesta sexta-feira que a China ainda tem vantagens para atrair investimentos estrangeiros, uma vez que os impactos da atual epidemia do novo coronavírus não devem ser duradouros.

O surto não minou a confiança da maioria das multinacionais em investir na China, nem alterou sua estratégia de investimento, destacou Zong Changqing, diretor do Departamento de Administração de Investimentos Estrangeiros do ministério, em entrevista coletiva online.

O governo está "confiante e determinado" a estabilizar o investimento estrangeiro este ano, afirmou Zong.

O Investimento Direto Estrangeiro na China registrou um aumento constante de 4% em relação ao ano passado no mês de janeiro, em comparação com um crescimento de 4,8% registrado no mesmo mês de 2019. "Os impactos do surto no investimento estrangeiro começaram a aparecer e devem ser maiores em fevereiro e março ", destacou.

À medida que a China se esforça para conter a epidemia, as autoridades reforçaram as ações para ajudar as empresas de capital estrangeiro a retomarem a produção e a operação de maneira ordenada.

Na semana passada, uma circular da pasta enfatizou o apoio a grandes projetos de investimento estrangeiro, exigindo esforços coordenados para resolver suas dificuldades e minimizar os impactos da epidemia.

Graças a esforços incessantes, a atividade comercial se recupera gradualmente na segunda maior economia do mundo. Os dados mostram que 32 fábricas de autopeças com investimento da República da Coreia na Província de Shandong, no leste da China, retomaram a produção a partir de 15 de fevereiro, numa tentativa de estabilizar as cadeias de suprimento global. Mais de 80% das empresas de capital estrangeiro em Xangai, Shandong e Hunan já retomaram seus negócios até agora.

Zong prevê que as empresas de investimento estrangeiro na maioria das regiões da China devem retomar a produção até o final deste mês.

A pasta orientará os governos locais a ajudarem as empresas de capital estrangeiro a fazerem uso total das políticas de apoio, fortalecerem a proteção de seus direitos e interesses legítimos, ampliarem o acesso para capitais estrangeiros e melhorarem ainda mais o ambiente de negócios, anunciou Zong.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor