China e AL estreitam relações

Beijing recebeu jornalistas latino-americanos e chineses para o II Fórum de Mídia China–América Latina, promovido pela...

Beijing recebeu jornalistas latino-americanos e chineses para o II Fórum de Mídia China–América Latina, promovido pela Xinhua. Foi mais uma oportunidade para estreitar as relações entre o país asiático e nosso subcontinente. As notícias vindas de lá, em que pesem os esforços dos meios de comunicação chineses, acabam passando pelos grandes grupos de mídia dos Estados Unidos e da Europa, passando uma visão deturpada do que realmente acontece na China. Boa parte da informação que circula na imprensa mundial provém de poucas e mesmas fontes: agências de notícias e grandes redes de televisão mundial controladas por um grupo restrito de corporações.Por outro lado, são muito restritas as iniciativas da imprensa latino-americana de se fazer presente no mundo, quanto mais na Ásia.

Veja o exemplo brasileiro: apesar de a China ser nosso principal parceiro comercial, a Agência Brasil, estatal, não compareceu ao Congresso do Partido Comunista (PCC), nem ao Fórum. Contribuíram para esta ausência o esvaziamento do sistema público de comunicação, que vai morrendo por falta de verbas, e uma visão retrógrada do governo, que enxerga nos “comunas” uma ameaça ao mundo.

O MONITOR MERCANTIL esteve presente tanto a um, quanto a outro evento, representado pelo editor do MONITOR DIGITAL, João Carlos S. Cardoso, o JC. O I Fórum foi realizado em novembro do ano passado em Santiago, Chile, e deu como um dos furtos o programa de envio de jornalistas latinos a Beijing, para conhecer o país e se familiarizar com a língua chinesa, uma grande, mas longe de intransponível barreira, ao relacionamento entre os povos de lá e de cá. Existem, assim, alternativas para fugir ao domínio da grande mídia do Norte.

 

Laços firmes

Quaisquer que sejam as mudanças que ocorram no sistema internacional, a China não mudará a sua determinação de aprofundar suas relações com a Rússia, prometeu o presidente chinês, Xi Jinping, a seu colega Vladimir Putin em ligação telefônica nesta quinta-feira.

Putin felicitou Xi por sua reeleição como secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCC). O presidente russo elogiou o Pensamento de Xi Jinping sobre o Socialismo com Características Chinesas na Nova Época.

 

Troca de experiências

A experiência regulatória de portos internacionais foi o tema que marcou o 4º Encontro anual da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), realizado esta semana em Brasília.

Mike Sealy, gerente-geral da Stolthaven Terminals, falou sobre a regulação portuária norte-americana e equiparou a situação jurídica entre Brasil e EUA. Sobre a constante discussão acerca da desburocratização do setor, ele foi taxativo: “Precisamos ser mais rápidos”. E avaliou que é necessária a diminuição do custo Brasil além da descentralização do poder para que o país cresça mais rápido no setor.

Já o representante da Hutchison Port Limited, Paul Davey, destacou a produtividade de seu porto no Reino Unido, que é privado desde o início de suas atividades no país. O gerente comercial da DP World, Otto C. Bottger, falou sobre sua experiência em 25 anos na área em diversos portos e concluiu dizendo que o melhor regulador é o próprio mercado.

Para o diretor-presidente da ATP, Almirante Murillo Barbosa, o debate foi oportuno por conta das recentes mudanças no marco regulatório brasileiro.

 

Butim

A reação da mídia que atacou Temer e da que o defendeu, bem como a do “mercado”, após o presidente barrar mais uma ação no Congresso, foi didática: se a quadrilha não mudou, vamos ao assalto com essa que aí está.

 

Búzios

Em janeiro, o mercado financeiro (Boletim Focus) previa que a taxa Selic chegaria ao final do ano em 10,25%; a inflação seria de 4,8%. Os juros devem fechar entre 7% e 7,25%; já o IPCA ficará na casa dos 3,1%.

 

Rápidas

A eleição da nova diretoria do Secovi-SP para a gestão 2018–2020 acontece no próximo dia 7. Candidato à reeleição, o presidente Flavio Amary lidera a única chapa inscrita *** Em comemoração ao Dia das Bruxas, o Shopping Bay Market, em Niterói, apresenta, neste domingo, a peça infantil Os Monstros, a partir das 15h *** O Ministério das Cidades, em parceria com o Lincoln Institute of Land Policy e com o apoio do BID, oferece o curso à distância de autoinstrução sobre Estudo de Impacto de Vizinhança – EIV. Detalhes em www.capacidades.gov.br/evento/759/curso-a-distancia-de-autoinstrucao-sobre-o-estudo-de-impacto-de-vizinhanca—eiv—turma-12017

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Suíça é ponte para exportações à Rússia

Vendas do País que lava mais branco aos russos cresceram mais de 80% desde fevereiro.

Homens pintam melhor que mulheres?

Não, mas recebem 10 vezes mais por obra.

Rio tem opções de áreas para termelétricas

Estado tem as melhores características na Região Sudeste, diz Wagner Victer.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.