China e Rússia lançarão Anos de Intercâmbios Esportivos

O presidente chinês, Xi Jinping, disse nesta sexta-feira que está pronto para anunciar em conjunto com o presidente russo, Vladimir Putin, o lançamento oficial dos Anos de Intercâmbios Esportivos entre os dois países.

O presidente chinês, Xi Jinping, realiza conversações com o presidente russo, Vladimir Putin, na Casa de Hóspedes Estatais Diaoyutai, em Beijing, capital da China, em 4 de fevereiro de 2022. (Xinhua/Ding Haitao)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 4 fev (Xinhua) — O presidente chinês, Xi Jinping, disse nesta sexta-feira que está pronto para anunciar em conjunto com o presidente russo, Vladimir Putin, o lançamento oficial dos Anos de Intercâmbios Esportivos entre os dois países.

Xi fez as observações durante sua conversa com Putin em Beijing.

Os Anos de Intercâmbio Esportivo entre a China e a Rússia, com vários tipos de atividades a serem realizadas, podem aprofundar a compreensão mútua e a amizade tradicional entre os dois povos, ressaltou Xi.

“A China está pronta para trabalhar com a Rússia para aproveitar plenamente as vantagens políticas das relações bilaterais e pressionar para mais conquistas na cooperação pragmática abrangente”, enfatizou Xi.

Ele pediu a implementação do roteiro para o desenvolvimento de alta qualidade do comércio China-Rússia em bens e serviços, o aprofundamento da cooperação em áreas como agricultura, comércio verde, medicina e saúde e economia digital, promoção da conectividade de infraestrutura de transporte e manutenção da logística estável no continente eurasiático, bem como a estabilidade das cadeias industriais e de suprimentos globais.

“A China e a Rússia devem fortalecer sua parceria estratégica energética, avançar estavelmente nos grandes projetos de cooperação em petróleo e gás, acelerar a inovação conjunta em importantes tecnologias energéticas, expandir a cooperação em novas energias, apoiar uma à outra na garantia da segurança energética e melhorar o sistema de governança energética global”, ressaltou ele.

Xi pediu mais cooperação tecnológica e de inovação entre os dois países, particularmente em áreas de ponta como inteligência artificial, Internet das Coisas e projeto da Estação Internacional de Pesquisa Lunar.

Os dois países devem aprofundar a comunicação sobre políticas fiscais e financeiras, fortalecer sua capacidade de resistir aos riscos financeiros e buscar maior sinergia entre a Iniciativa do Cinturão e Rota e a União Econômica Eurasiática, apontou ele. Fim

Leia também:

Setor de telecomunicações da China vê crescimento robusto em 2021

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Comércio da China com países do Cinturão e Rota registra crescimento

Os laços econômicos e comerciais da China com os países ao longo do Cinturão e Rota se fortaleceram significativamente na última década, afirmou Sheng Qiuping, vice-ministro do Comércio da China, nesta sexta-feira.

Produção de chá eletrificada impulsiona indústria de chá na China

A produção de chá eletrificada na Província de Hunan, na região central da China, um dos setores de eletrificação rural promovidos pela State Grid Hunan Electric Power Co., Ltd., está ajudando a indústria local de chá a prosperar em uma forma de produção mais verde e eficiente.

JD.com acompanha sua receita líquida crescer 18% no primeiro trimestre

A gigante do comércio eletrônico da China, JD.com, observou sua receita líquida aumentar 18% ano a ano no primeiro trimestre deste ano, informou o China Securities Journal.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais