China especifica planos de energia no período 2021-2025

As autoridades chinesas divulgaram um plano para o desenvolvimento de um sistema de energia moderna durante o 14º período do Plano Quinquenal (2021-2025), definindo objetivos para garantir o fornecimento de energia e impulsionar a eficiência da energia.

Foto tirada em 21 out, 2021 mostra carvão depositado no armazém na Wenergy Hefei Electric Power Co., Ltd. em Hefei, Província de Anhui, leste da China. (Xinhua/Liu Junxi)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 23 mar (Xinhua) — As autoridades chinesas divulgaram um plano para o desenvolvimento de um sistema de energia moderna durante o 14º período do Plano Quinquenal (2021-2025), definindo objetivos para garantir o fornecimento de energia e impulsionar a eficiência da energia.

Até 2025, a China visa elevar a sua capacidade anual de produção doméstica de energia para mais de 4,6 bilhões de toneladas de carvão padrão, segundo o plano divulgado pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma e pela Administração Nacional de Energia.

A produção anual de petróleo bruto se recuperará e se estabilizará em 200 milhões de toneladas, enquanto a produção anual de gás natural atingirá mais de 230 bilhões de metros cúbicos até 2025, especifica o plano.

O plano enfatiza os esforços para promover o desenvolvimento em larga escala e de alta qualidade da geração de energia eólica e solar, como também desenvolver a energia nuclear de forma ativa, segura e ordenada.

Com a premissa de garantir a segurança, a China manterá um ritmo constante de construção de projetos costeiros de energia nuclear para implantar racionalmente os novos projetos, diz o plano, estabelecendo a meta de elevar a capacidade instalada de operação de energia nuclear para cerca de 70 milhões de quilowatts até 2025.

Ao mesmo tempo em que aumenta a produção de energia, o país também busca reduzir as suas emissões de dióxido de carbono por unidade do PIB em 18%, durante o período quinquenal.

A China objetiva aumentar gradativamente a participação do consumo de energia não fóssil para cerca de 20% até 2025, enquanto a proporção de geração de energia não fóssil chegará a aproximadamente 39%, segundo o plano.

Visando um aumento significativo na eficiência energética, a China planeja reduzir o seu consumo de energia por unidade do PIB em 13,5% durante o período de 2021-2025. Fim

Leia também:

Centro de comércio de carbono de Hainan deverá abrir no 2º semestre

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Investidores estrangeiros mantém níveis de investimento na China

Espera-se que os investidores estrangeiros mantenham as suas tendências de investimento nas ações de categoria A em 2022, com o controle epidêmico nas regiões chinesas e o emergente valor relativo global do mercado de ações da China, informou Xinhua Finance, citando Fang Xinghai, vice-chefe da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC, sigla em inglês) nesta quarta-feira.

Guangzhou da China lança primeiro lote de títulos corporativos de C&R

O Porto de Guangzhou concluiu nesta terça-feira a emissão de títulos corporativos no valor de 1 bilhão de yuans (cerca de 148,4 milhões de dólares) para investidores na Bolsa de Shanghai, representando a primeiro lote dos títulos corporativos de inovação científica e tecnológica 2022 para Cinturão e Rota (C&R), informou Shanghai Securities News.

Os testes chineses para varíola dos macacos obtêm a certificação da UE

Algumas empresas chinesas anunciaram na quarta-feira que seus kits de detecção de ácido nucleico do vírus da varíola dos macacos obtiveram o certificado de registro CE da União Europeia (UE), informou o Shanghai Securities News nesta quinta-feira.

Últimas Notícias

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Tokenização: conceitos e casos de uso dessa tecnologia

BC e CVM acompanharão ao longo deste ano as operações dos projetos aprovados nos respectivos sandboxes regulatórios

Sim Pro Samba homenageia Lula Gigante

O Sim Pro Samba começa às 18h30, na Praça dos Professores. Gratuito!

Solução para o investidor no cálculo e declaração do IR

Usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs,

CVM divulga estudo sobre ESG e o mercado de capitais

Relação entre o mercado de capitais e o tema sustentabilidade,