China faz terceira troca de títulos este ano

Melhorar a liquidez dos títulos perpétuos emitidos por bancos comerciais.

Internacional / 22:30 - 25 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Banco Popular da China (BPC), o banco central do país, conduziu nesta quarta-feira a terceira operação de troca de títulos do banco (CBS, em inglês) em 2020, para melhorar a liquidez dos títulos perpétuos emitidos por bancos comerciais.

Segundo um comunicado da instituição, o CBS, no valor de 5 bilhões de iuanes (US$ 707 milhões), é aberta para os distribuidores primários por licitação a uma taxa fixa de 0,1%. A troca vencerá em 25 de junho de 2020, informa o documento.

Também nesta quarta-feira, o banco central suspendeu as operações de recompra reversa (reverse repos) pelo 27º dia consecutivo, citando uma liquidez razoavelmente suficiente no mercado monetário.

Conforme a agência Xinhua, com o CBS, os distribuidores podem trocar os bônus perpétuos que têm por títulos do banco central, o que elevará eficazmente a demanda do mercado pelos bônus perpétuos, mas tem um impacto neutro sobre a liquidez no sistema bancário. Os bônus perpétuos são valores de renda fixa sem data de vencimento e não são reembolsáveis, mas pagam juros de forma estável para sempre.

O mercado acionário de Hong Kong fechou nesta quarta-feira com uma alta de 863,70 pontos, ou 3,81%, em 23.527,19 pontos. O Índice de Hang Seng variou entre 23.062,23 e 23.569,45. O valor das transações somou US$ 151,16 bilhões e o de Hong Kong US$ 19,5 bilhões.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor