China oferece mais assistência às vítimas do tufão em Filipinas

A China ofereceu 1 milhão de dólares em dinheiro e mais 4.725 toneladas de arroz nesta quarta-feira para ajudar as vítimas do Tufão Rai em Filipinas.

Foto aérea tirada em 17 dez, 2021 mostra a devastação causada pelo Tufão Rai na Província Surigao del Norte, Filipinas. (Xinhua)

Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Manila, 22 dez (Xinhua) — A China ofereceu 1 milhão de dólares em dinheiro e mais 4.725 toneladas de arroz nesta quarta-feira para ajudar as vítimas do Tufão Rai em Filipinas.

O embaixador chinês em Filipinas, Huang Xilian, anunciou a assistência na cerimônia da entrega de arroz, a última parcela das 10.000 toneladas da doação da China para Filipinas.

A assistência emergencial em dinheiro tem como objetivo apoiar os esforços de socorro e a recuperação do governo filipino e da população contra o desastre causado pelo tufão devastador, disse Huang, expressando esperança de que o novo lote de arroz contribuirá para as operações de ajuda humanitária de Filipinas nas regiões impactadas pelo tufão.

Nesta terça-feira, a embaixada chinesa em Manila arrecadou 20.000 pacotes de comida contendo arroz, alimento enlatado e pacotes de macarrão. Huang disse que os bens de socorro chegaram a regiões afetadas pelo tufão como Cebu, Leyte, Negros Occidental, Negros Oriental, Bohol, Cagayan de Oro City, Surigao City, entre outras.

Huang disse que a China continuará a oferecer suporte aos esforços de alívio e de recuperação de Filipinas, “com o melhor da sua capacidade.”

“A China e as Filipinas são vizinhos próximos e amigáveis que sempre se ajudam e se apoiam em tempos difíceis”, disse o embaixador.

O presidente filipino Rodrigo Duterte declarou nesta terça-feira à noite o estado de calamidade em várias regiões para acelerar os esforços de socorro das vítimas do Tufão Rai.

O diretor do bem-estar social filipino Emmanuel Privado, que recebeu as doações de arroz da China nesta quarta-feira, agradeceu o governo chinês pela generosidade.

Privado disse que as doações da China são oportunas, dizendo que o seu governo está distribuindo artigos de socorro às vítimas de tufão.

“Expressamos nossa sincera gratidão ao povo chinês pelas doações. Isso é muito oportuno. As vítimas do tufão se beneficiarão delas”, disse ele.

O Tufão Rai, que atingiu Filipinas semana passada, afetou mais de 1,3 milhão de pessoas e teme-se que tenha matado pelo menos 375 na região central e sul de Filipinas e partes da ilha principal de Luzon. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China implementará tarifas da RCEP para mercadorias da Coréia

A partir de 1 de fevereiro, a China adotará a taxa tarifária prometida sob o acordo da Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP), nas importações selecionadas da República da Coréia, conforme um comunicado divulgado pela Comissão de Tarifas Alfandegárias do Conselho de Estado, nesta quinta-feira.

Produto estrela da BGI Genomics é exibido na Pavilhão da China

Os modelos do Huo-Yan Air Laboratory da BGI Genomics, produto estrela de laboratório móvel de teste nucléico da gigante chinesa, foram exibidos na Pavilhão da China da Expo 2020 de Dubai durante 11 a 13 de janeiro.

China continua sendo destino favorito de investimento, informa WSJ

A China continua sendo um grande destino de investimento, pois suas startups de tecnologia atraíram uma quantidade recorde de financiamento de risco no ano passado, informou o Wall Street Journal nesta quinta-feira.

Últimas Notícias

Empresa brasileira de produtos médico-hospitalares cresce 20% em 2021

Faturamento foi de R$ 28 milhões.

Brasileiro buscou mais crédito para compra de veículo

Veículos pesados e motos se destacam

Varejo, petrolíferas e bancos puxam Ibovespa

Siderúrgicas e Vale ficam na contramão do mercado

Uso de cheque cai ladeira abaixo

Avanço tecnológico mudou hábito arraigado da clientela

Covid-19 fecha 478 agências bancárias em SP

500 bancários foram confirmados com covid-19.