China oferece serviços meteorológicos para 121 países e regiões

A China já forneceu os dados do satélite meteorológico Fengyun para 121 países e regiões, incluindo 85 ao longo da Cinturão e Rota, informou a autoridade meteorológica nesta sexta-feira.

China envia satélite meteorológico Fengyun-4B para a órbita planejada no Centro de Lançamento de Satélites de Xichang, Província de Sichuan, 3 de junho de 2021. (Foto por Guo Wenbin/Xinhua)

Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Beijing, 17 Dez (Xinhua) — A China já forneceu os dados do satélite meteorológico Fengyun para 121 países e regiões, incluindo 85 ao longo da Cinturão e Rota, informou a autoridade meteorológica nesta sexta-feira.

Os satélites Fengyun são uma série de satélites meteorológicos de sensoriamento remoto desenvolvidos por China. Os dois novos satélites lançados neste ano, Fengyun-3E e Fengyun-4B, já receberam pedidos dos usuários globais, de acordo com a Administração Meteorológica da China.

O país também ofereceu treinamento técnico para mais de 1.400 profissionais de 92 países e regiões.

Os serviços de dados e treinamento técnico são gratuitos para todos os usuários, disse Xian Di, um alto funcionário da administração.

“Os usuários globais terão o mesmo tratamento no acesso aos dados que as contrapartes chinesas”, observou Xian.

A China planeja lançar mais cinco satélites meteorológicos durante o período do 14º Plano Quinquenal do país (2021-2025) e atualizar para o sistema de observação do satélite Fengyun de terceira geração até 2035, para servir melhor aos usuários ao longo da Cinturão e Rota na prevenção de desastres e socorro. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica esforços no apoio à construção de cenários de IA

O Ministério da Ciência e Tecnologia da China (MOST) anunciou nesta segunda-feira que apoiaria a construção de dez cenários de aplicação de demonstração de inteligência artificial (IA), a fim de promover o uso de IA e promover um novo motor de crescimento econômico.

Expo internacional de Rota da Seda promove cooperação profunda do C&R

A Sexta Exposição Internacional da Rota da Seda teve início no domingo em Xi'an, capital da Província de Shaanxi, no noroeste da China, com uma cooperação mais profunda do Cinturão e Rota no topo da agenda.

China planeja transformar Wuhan em centro de consumo internacional

A China aproveitará o poder de consumo em Wuhan, Província de Hubei, centro da China, e transformará Wuhan em um centro de consumo internacional, informou o Shanghai Securities News, administrado pela Xinhua, nesta segunda-feira.

Últimas Notícias

Mercado imobiliário dos EUA entra em recessão

Seis em 10 norte-americanos temem não conseguir pagar suas hipotecas em 2023.

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial