China quer dobrar PIB e renda até 2020

Pode-se criticar o regime chinês, mas não restam dúvidas de que a China sabe aonde quer chegar e planeja como fazê-lo. O projeto do 13º Plano Quinquenal (2016-2020) apresentado à Assembleia Popular Nacional estabelece metas e missões ambiciosas. Uma delas é duplicar o PIB e a renda per capita até 2020, em relação ao nível alcançado em 2010. Isto significaria elevar o produto interno para algo perto de US$ 14 trilhões. O crescimento, planeja o governo e o Partido Comunista, será puxado pela inovação. O setor emergente estratégico terá apoio para elevar sua fatia no PIB para 15%. A estratégia Made in China 2025 vai concentrar esforços em novas tecnologias.

Outras metas são reduzir a poluição, controlar as emissões de carbono, realizar uma revolução energética e manter o consumo de energia anual abaixo de 5 bilhões de toneladas de carvão-padrão. No plano externo, a China vai impulsionar o Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura e o Novo Banco de Desenvolvimento do Brics, além do Fundo da Rota da Seda. O plano prevê construir diversos corredores econômicos, como China–Mongólia–Rússia e China–Paquistão, assim como a nova Ponte Terrestre Eurasiática.

A China pretende tirar 50 milhões de cidadãos da pobreza e alcançar a população de 1,42 bilhão de pessoas. Para um país que atingiu o PIB de US$ 1 trilhão em 1998 e em pouco mais de dez anos multiplicou sua economia por sete, alguém tem dúvida de que conseguirão?

Recuo

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, retirou o Projeto de Lei Complementar 18/2016, enviado à Assembleia Legislativa (Alerj) mês passado. O PLC aumentaria a contribuição previdenciária dos servidores estaduais, além de condicionar os reajustes salariais à arrecadação financeira do exercício do ano anterior.

Foi uma vitória espetacular do Muspe (Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais). Porém, o governo não abandonou a ideia que norteia esse projeto de lei. O que ele fez foi tentar esvaziar o movimento unificado retirando de pauta esse projeto”, alertou o presidente do Sindicato dos Médicos, Jorge Darze.

Mulher que decide

A busca pelo autoconhecimento para atingir objetivos pessoais e crescimento profissional resultou na obra Coaching para Mulheres, escrita por um grupo feminino de profissionais da área. “Uma mulher que decide é mais do que aquela que toma decisões e age para resolver situações. É aquela que determina uma situação pela sua atitude, perspicácia, sagacidade, objetividade. É aquela que não corre atrás, mas vai à frente e ao lado daqueles que em conjunto podem se fortalecer”, cita Joana D’arc Souza, diretora da Organize-Se Consultoria e uma das coautoras do livro, que será lançada no próximo dia 14, a partir das 19 horas, em Botafogo. Mais informações em www.editoramulheresquedecidem.com.br

Ainda dá tempo

Doações para projetos culturais, esportivos e para fundos da criança e do adolescente e dos idosos ainda podem ser abatidas no Imposto de Renda. Para pessoas físicas a dedução é de até 6% se a doação ocorrer até o dia 31 de dezembro do ano anterior ao da declaração, mas ainda é possível apoiar, no ato da declaração, fundos de crianças e adolescentes e abater até 3% do imposto devido ou a restituir este ano.

Segundo a coordenadora do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC) do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Vânia Labres, o desconto vem em boa hora. “Os fundos desempenham papel importante no apoio de ações voltadas a um público vulnerável.” A doação só é possível na forma completa de preenchimento da declaração.

Glória de volta

O professor Bayard Boiteux, vice-presidente executivo da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, criou o movimento “Quero o Hotel Gloria de volta”.O objetivo é mostrar a importância do hotel para o Rio, como um marco histórico e de glamour, e forçar o fundo de investimento dos Emirados Árabes que o comprou a retomar as obras o mais rapidamente possível.

Rápidas

A cantora Tita Garcia é a estrela do happy hour do Shopping Jardim Guadalupe (RJ) nesta sexta. O show, gratuito, será na Praça de Alimentação, a partir de 19h30 *** O Shop4Help, site de compras e comparação de preços que tem como proposta apoiar causas sociais, iniciou a campanha “Cadastro Amigo”. Ao se cadastrar e escolher uma instituição será repassado o valor de R$ 5 por cadastro realizado, até o limite de 2 mil: www.shop4help.com *** O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, se reúne nesta quinta com o presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio), Paulo Protasio, para discutir estratégias e ações que atendam às micro e pequenas empresas. O ex-ministro participará do Almoço do Empresário, na ACRio *** A SulAmérica abriu inscrições para o processo seletivo de seu programa de estágio, destinado a universitários com previsão de formatura entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018 Os interessados podem se candidatar até 10 de abril por meio do site http://site.vagas.com.br/estagiosulamerica

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.