China quer uma fatia do mercado global de aviação civil

119

O sexto avião C919, entregue em todo o mundo, juntou-se à frota da China Eastern Airlines nesta terça-feira, indicando a aceleração da operação comercial do avião de passageiros de grande porte desenvolvido pela China. O C919 deve fazer seu primeiro voo comercial no exterior em 1º de junho, com a China Eastern Airlines operando um voo fretado de Hong Kong para Xangai, de acordo com a companhia aérea.

Faz um ano que ocorreu o primeiro voo comercial do C919. A China pretende garantir uma fatia do mercado global de aviação civil, que atualmente é dominado pela Boeing e Airbus.

A aeronave, entregue à China Eastern Airlines na segunda-feira, pousou no Aeroporto Internacional Hongqiao de Xangai na manhã desta terça-feira.

Segundo a Agência Xinhua, esta foi a primeira entrega de 100 aeronaves C919 que a China Eastern Airlines, o primeiro cliente global do jato de corredor único, encomendou no ano passado. Até agora, a Commercial Aircraft Corporation of China, Ltd. (Comac) entregou seis aeronaves C919 em todo o mundo, todas para a China Eastern.

Espaço Publicitáriocnseg

“A China Eastern Airlines alcançou avanços na operação comercial das aeronaves de grande porte C919, com o tamanho da frota do C919 subindo de zero para um e de um para cinco. Agora estamos no processo de alcançar mais avanços, expandindo o tamanho da frota de seis para mais de 100”, disse Wang Zhiqing, presidente da China Eastern Airlines. “Vamos melhorar ainda mais a eficiência operacional e a competitividade de mercado do C919 para que o avião possa voar de forma mais constante, mais longe, mais ampla e melhor”.

Até segunda-feira, os cinco jatos C919 da China Eastern Airlines haviam completado 2.181 voos, acumulando 6.090 horas de voo em três rotas – Xangai-Chengdu, Xangai-Pequim e Xangai-Xi’an – transportando mais de 276.000 passageiros no ano passado.

A taxa de utilização diária tem vindo a melhorar constantemente. Até segunda-feira, a taxa média de ocupação de passageiros chegou a quase 80%. A operação em grande escala do C919 é de grande importância para aumentar a competitividade da China no mercado global de aviação.

Até o final de 2024, a frota C919 da China Eastern Airlines deverá ter 10 aeronaves, que atenderão principalmente os principais mercados de base da companhia aérea e importantes mercados troncais de negócios e turismo. Em setembro de 2023, a companhia aérea encomendou mais 100 aeronaves C919 após o primeiro pedido de cinco C919.

As principais companhias aéreas domésticas, como a Air China e a China Southern Airlines, também fizeram pedidos adicionais de 100 aeronaves C919 para cada. Atualmente, os pedidos globais feitos para o C919 ultrapassaram 1.000 aeronaves.

Após a entrega, as aeronaves C919 estão sujeitas a uma gama completa de testes de mercado, disse Ma Sining, gerente sênior de projeto da Comac Shanghai Aircraft Customer Service Co., Ltd. “Fornecemos serviços de suporte de ciclo completo para ajudar as companhias aéreas com os voos.”

O jato tronco C919 está pronto para ter uma perspectiva de mercado promissora devido à sua adaptabilidade, tecnologia avançada e capacidades de desempenho, combinadas com o vasto mercado de aviação civil da China. A Comac, por sua vez, continua otimizando e atualizando a aeronave.

No Singapore Airshow, a Tibet Airlines encomendou 40 aeronaves C919 do tipo platô, tornando-se o cliente de lançamento deste modelo de aeronave. A versão platô pode atender aos requisitos de desempenho para decolagem e pouso em todos os aeroportos de planalto dentro da China.

A China tem um enorme mercado de aviação civil com grande potencial. De acordo com uma previsão de mercado divulgada pela Comacno final de 2022, no período 2022-2041, o mercado de aviação civil da China receberá 9.284 novos jatos de passageiros, incluindo 6.288 jatos de corredor único. Até 2041, a China deve se tornar o maior mercado de aviação civil de um único país do mundo, de acordo com a previsão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui