China tem mais de 4.500 empresas de inteligência artificial, diz vice-ministro

A China abriga no momento mais de 4.500 empresas de inteligência artificial (IA), refletindo os esforços do país para abraçar o boom da IA, de acordo com números oficiais divulgados em um evento do setor nesta quinta-feira.

137
Voluntários entram no local da Exposição Mundial de Inteligência 2024 em Tianjin, no norte da China, em 20 de junho de 2024. (Xinhua/Sun Fanyue)
Xinhua - Silk Road

Tianjin, 21 junho (Xinhua) — A China abriga no momento mais de 4.500 empresas de inteligência artificial (IA), refletindo os esforços do país para abraçar o boom da IA, de acordo com números oficiais divulgados em um evento do setor nesta quinta-feira.

Os dados foram divulgados por Shan Zhongde, vice-ministro da Indústria e Informatização, na Exposição Mundial de Inteligência 2024, no Município de Tianjin, norte da China.

Shan disse que a China construiu 421 fábricas de demonstração a nível nacional com fabricação inteligente e mais de 10 mil oficinas digitais e fábricas inteligentes a nível provincial.

De robôs humanoides a veículos autônomos, as autoridades e especialistas na exposição destacaram que a tecnologia de IA está remodelando rapidamente a vida humana.

Espaço Publicitáriocnseg

Tecnologias como interfaces cérebro-computador e robôs humanoides terão impactos práticos em setores como manufatura, transporte, educação e saúde, disse Wu Zhaohui, vice-presidente da Academia Chinesa de Ciências.

“A tecnologia de IA também pode injetar poder transformador no crescimento econômico regional e remodelar o cenário da concorrência global”, acrescentou Wu.

O principal setor de IA da China atingiu uma escala de mais de 578 bilhões de yuans (cerca de 81 bilhões de dólares americanos) em 2023, um aumento anual de 13,9%, segundo dados oficiais.

O relatório de trabalho do governo deste ano revelou uma iniciativa AI Plus, um movimento estratégico projetado para impulsionar a expansão da economia digital e liderar a transformação e a modernização dos setores de manufatura.

A Exposição Mundial de Inteligência 2024, que vai até 23 de junho, foi organizada pelo Município de Tianjin e pelo Município de Chongqing, no sudoeste da China, fundindo o antigo Congresso Mundial de Inteligência em Tianjin e a Smart China Expo em Chongqing.

Com uma área de exposição de 100 mil metros quadrados, o evento apresenta várias áreas de exposição temática que abrangem IA, veículos conectados inteligentes, manufatura inteligente e robótica.

Os dois municípios se alternarão na realização da Exposição Mundial de Inteligência no futuro. Fim

Leia também:

Dados do primeiro semestre da China preparam terreno para meta de crescimento para o ano inteiro
Cinturão e Rota
Dados do primeiro semestre da China preparam terreno para meta de crescimento para o ano inteiro

Beijing, 18 julho (Xinhua) — O Fundo Monetário Internacional  revisou nesta terça-feira o crescimento econômico da China em 2024 para 5%, em uma atualização da sua Perspectiva Econômica Global (WEO, sigla em inglês), ante os 4,6% previstos em abril. Isso ocorreu depois que a China divulgou seus dados econômicos semestrais na segunda-feira, que mostraram que […]

Volkswagen Anhui lança o primeiro veículo elétrico para mercado chinês
Cinturão e Rota
Volkswagen Anhui lança o primeiro veículo elétrico para mercado chinês

HEFEI, 18 de julho (Xinhua) — A Volkswagen Anhui lançou oficialmente seu primeiro veículo de nova energia para o mercado chinês nesta quarta-feira, em Hefei, capital da província de Anhui, no leste da China. O novo modelo, ID. UNYX, é o primeiro SUV cupê elétrico inteligente da Volkswagen. Ele tem uma autonomia máxima de 621 […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui