34.6 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 17, 2021

China vai de trem, Brasil é retirado do jogo

Nesta quarta-feira, foi inaugurada a ferrovia construída pela China que liga Adis Abeba, capital da Etiópia, com o porto de Djibouti, a primeira ferrovia eletrificada moderna da África. São 752,7 quilômetros, construídos pelo Grupo de Ferrovias da China e pela Companhia de Construção de Engenharia Civil da China, com um investimento total de US$ 4 bilhões, mostra a agência de notícias Xinhua. Outros projetos ferroviários importantes foram realizados pelos chineses na África nos últimos anos: a Ferrovia Lobito-Luau, em Angola, foi finalizada em 2015, com 1.344km; Trânsito Ferroviário Ligeiro de Adis Abeba (AA-LRT), na Etiópia, primeira ferrovia de trem ligeiro no continente africano, com 34km, entrou em operação em setembro de 2015; Ferrovia Abuja-Kaduna, na Nigéria, com extensão de 186,5km, entrou em operação em julho de 2016; a Ferrovia de Bitola Padrão, no Quênia, projeto de US$ 3,8 bilhões, com 480km, que deve ser concluído em 2017. É a primeira fase de uma linha que deve alcançar 2.935km, impulsionando o comércio na região do Leste Africano.

Enquanto a China expande sua presença na África, as empreiteiras brasileiras, muitas pioneiras em obras no continente, são punidas por série de suspeitas levantadas pela Lava Jato, sem qualquer ligação com a investigação sobre a Petrobras. Os dois fatos marcam a diferença entre um país que tem um projeto de nação, e outro que é bombardeado cada vez que tenta uma atuação soberana. A China é a segunda maior economia do mundo e mira o primeiro lugar. O Brasil, que já foi o sexto maior e ambicionava a quinta posição, agora patina entre o oitavo e o nono lugar.

Troca de experiências

Três grandes nomes do setor portuário internacional – Tessa Major (Antuérpia), Peter Lugthart (Roterdã) e Michael Benthey (Dubai) – estarão no próximo dia 26 em Brasília para debater sobre Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade no 3º Encontro ATP. O evento anual promovido pela Associação de Terminais Portuários Privados reunirá mais de 200 executivos com o intuito de discutir tendências e os rumos do setor portuário.

Acreditamos que é por meio de troca de experiências que podemos planejar melhor o setor e, sobretudo, mapear como tem reagido às crises econômicas dentro e fora do Brasil”, comenta o diretor-presidente da ATP, Murillo Barbosa.

Os portos no Brasil têm adquirido uma nova dinâmica desde a promulgação do novo marco regulatório (Lei nº 12.815/13). Para ampliar suas operações os portos têm investido cada vez mais em tecnologia e inovação. Em razão disso, o setor torna-se cada vez mais competitivo, exigindo uma postura mais ousada dos investidores. Quem sai ganhando são os terminais privados, os TUPs – segmento que mais cresce no país.

Para a abertura está confirmada a presença do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella. A condução do debate será capitaneada pelo diretor-geral da Antaq, Adalberto Tokarski.

Rosto

A empresária e modelo Núbia Óliiver é a nova garota propaganda da rede social Meu Patrocínio, cujo objetivo é aproximar homens maduros e bem-sucedidos de mulheres jovens, interessantes e ambiciosas. Núbia foi contatada após o site descobrir que ela era uma das cadastradas.

Outubro Rosa

Pessoas com câncer têm o direito garantido por lei a medicamentos gratuitos. “Sabemos que um grande número de pessoas sofre por não ter condições de fazer uso dos medicamentos contínuos adequados para o seu tratamento, conforme prescrito pelo médico”, afirma Claudia Nakano, do escritório Nakano Advogados Associados. Portadores de câncer de mama têm direito também a isenções tributárias e à reconstrução da mama em casos de mastectomia total ou parcial. “A cirurgia plástica reparadora de mama é um direito garantido às mulheres, e o procedimento pode ser realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, ensina a advogada.

Rápidas

Nesta sexta-feira, será divulgada no Rio Market 2016, dentro do Festival de Cinema do Rio, pesquisa sobre o setor audiovisual no país elaborada pela Tendências Consultoria para a Motion Picture Association – América Latina (MPA-AL) e apoiada pelo Sindicato da Indústria Audiovisual (Sicav) *** A Associação dos Advogados de São Paulo (Aasp) realiza nesta sexta, das 8h20 às 18h00, o evento “Adoção: quanto tempo o tempo tem?” O encontro será realizado na sede da entidade (Rua Álvares Penteado, 151 – Centro, capital) *** O programa Quebrando Barreiras – do Instituto Masan – inicia quatro turmas para o curso de auxiliar de cozinha, destinado a moradores de comunidades pacificadas. Mais informações em 98491-0711 (Whatsapp) *** A Arena Nick Jr estará no Shopping Jardim Guadalupe (RJ) até o dia 30 próximo. São duas áreas temáticas com os personagens dos desenhos do canal. O espaço funciona das 14h às 19h30 *** Estão abertas as inscrições para o Programa de Trainee 2017 da empresa de agronegócios Louis Dreyfus Company. As inscrições devem ser feitas até 3 de novembro em www.ldcom.com.br, no link Carreira > Programa de Trainee.

Artigo anteriorJuros fazem mal à saúde
Próximo artigoCrianças ameaçadas
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.