Chinesa BYD entregará 1,5 mil veículos elétricos para Noruega este ano

A BYD, montadora líder de veículos de nova energia (NEV, em inglês) da China, entregará 1,5 mil novos NEVs para a Noruega até o fim deste ano. O primeiro lote de 100 SUVs elétricos BYD Tang será enviado para a Noruega, o primeiro país europeu no qual a BYD expandiu seu mercado de automóveis de passageiros, no fim de maio.

A empresa fez o anúncio na quarta-feira (19), em uma cerimônia que marcou a produção de seu milionésimo NEV. É a primeira montadora chinesa a produzir um milhão de NEVs. As receitas da BYD aumentaram 108,3% ano a ano para 40,99 bilhões de yuans (US$ 6,37 bilhões) no primeiro trimestre. Entre janeiro e abril, a BYD vendeu 80.413 veículos totalmente elétricos, um aumento anual de 128,5%.

Na terça-feira (18), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, defendeu a produção de veículos elétricos e frisou que esse é o futuro da indústria automobilística. Em visita a uma fábrica da Ford em Michigan, o democrata também afirmou que a China não ganhará a corrida de inovação. “A América está de volta na competição do século 21”, declarou. “A China tem o maior e mais rápido mercado de veículos elétricos do mundo”, admitiu Biden. Ele acrescentou que Pequim lidera essa “corrida” no momento, mas os EUA não deixarão que isso se sustente.

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Xangai quer estimular mais o consumo

Será a primeira emissão de cupons eletrônicos para estimular o consumo

Aumento em energia puxou inflação na Zona do Euro

Avançou em julho para 8,9% contra 8,6% de junho

Roubini: EUA caminham para recessão longa e severa

Economista espera juros ‘bem acima de 4%’.

Últimas Notícias

Produtos verdes e inteligentes são destaques na Expo da Rota da Seda

Uma variedade de produtos verdes e produtos inteligentes estão em exibição na Sexta Exposição Internacional da Rota da Seda em Xi'an,na China.

Delta do Rio Yangtzé impulsiona integração por meio de digitalização

O Delta do Rio Yangtzé da China, um dos centros econômicos do país, está acelerando a sua transformação digital e fazendo novos progressos com base nas redes 5G.

Fux suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

Com isso, ex-presidente da Câmara não poderá se candidatar.

Em um ano, Brasil perdeu 1,2 milhão de empresas

Entre abril de 2021 e o de 2022, Ltdas. e S/As foram as que mais fecharam; MEIs, apesar da proliferação, caíram 7,2% no período.

Rio restabelece parte dos serviços hackeados

Sistemas fazendários continuam fora do ar.