Chinesa na frente

   
          A empresa chinesa ZTE, com 2.826 depósitos de patentes publicados, ultrapassou a japonesa Panasonic, com 2.463 depósitos, e se tornou a empresa com o maior número de pedidos feitos em 2011. Em terceiro lugar aparece a também chinesa Huawei Technologies (1.831 depósitos), em quarto a japonesa Sharp (1.755 depósitos) e em quinto a primeira não asiática, a alemã Bosch, com 1.518 pedidos de patentes publicados.

Alta patente
De 2007 a 2011, o volume de patentes depositadas pelo Brasil por meio do Tratado de Cooperação em Patentes (PCT na sigla em inglês) cresceu 43%, enquanto o crescimento mundial foi de apenas 13,7%. No ano passado, o aumento do volume de patentes brasileiras foi de 17,2%, para 572 pedidos. Entre 2009 e 2010, houve queda de 0,8%. Os 144 países que fazem parte do PCT solicitaram o registro de 181.900 patentes no ano passado, o que significou uma elevação de 10,7% ante 2010.

Sem sair do lugar
Apesar da melhora, o Brasil não saiu da 24ª colocação no ranking de depositantes de patentes, longe da China (4º lugar) e atrás também dos demais Brics, Índia (17º lugar) e Rússia (21º lugar). E a distância para os países mais desenvolvidos ou que mais crescem é digna de uma maratona. Os Estados Unidos, primeiro em patentes do PCT, fecharam 2011 com 48.596 pedidos, seguido por Japão (38.888), Alemanha (18.568), China (16.406) e Coréia do Sul (10.447).

Faxina
Para que a renúncia de Ricardo Teixeira à presidência da CBF não seja o único legado da Copa 2014 é indispensável que a presidente Dilma e o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, usem sua inegável força e influência junto à confederação, evitando que a saída de Teixeira se constitua em mera troca da guarda, sem que sejam mudadas as estruturas que asfixiam o futebol brasileiro. Em tempo: em todo o mundo, o futebol gira algo em torno de US$ 240 bilhões por ano, além de ser uma das principais fontes constitutivas da identidade nacional.

Senhor da razão
Quando, em julho do ano passado, o jornalista Andrew Jenning, da BBC, fez, em entrevista à ESPN Brasil, pesadas denúncias de corrupção contra o então presidente da CBF, Ricardo Teixeira, a esmagadora maioria do restante da imprensa tupiniquim fez um silêncio ensurdecedor sobre o tema. Pouco menos de um ano depois, os mesmos órgãos de comunicação que se calaram sobre o assunto assumem ares de arautos da moralidade ao tratarem da renúncia de Teixeira da presidência da CBF.

Leitura
Coordenadores de 70 comitês do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), ligado à Biblioteca Nacional, estiveram no Rio, entre os dias 5 e 8, para fechar as últimas etapas do projeto Formação de Mediadores de Leitura, aplicado em todas as regiões do Brasil. Os coordenadores participaram de um curso para elaborar projetos e captação de recursos na área da leitura; e outro voltado para a elaboração de relatórios de atividades.

Comércio
A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) já decidiu data e local para a edição de 2012 do tradicional Encontro Nacional de Exportadores (Enaex): será no Pier Mauá, na Zona Portuária do Rio, mesmo local da última edição. O Enaex acontecerá entre os dias 22 e 23 de setembro e terá como tema “A sustentabilidade do Comércio Exterior”.

Tira-dúvidas
Nesta terça, o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio (Sescon-RJ) irá promover um aulão para esclarecer as dúvidas sobre o Controle Fiscal Contábil de Transição (FCont). O evento, que será ministrado pelo especialista em Sped Contábil e FCont Márcio Tonelli, abordará ainda as perspectivas dessa escrituração e do e-Lalur. Os interessados em participar podem se inscrever pelo site www.sescon-rj.org.br.

Blecaute
Chamado de Costinha pela presidente Dilma, o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, estaria frente a denúncias – que teriam sido encaminhadas, formalmente, há algum tempo, à ouvidoria da estatal – sobre seis distribuidoras que integram a holding.
     
     

Artigo anteriorQuem vai pagar?
Próximo artigoFrente da indústria
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Objetos do Coração ajuda o Pró Criança Cardíaca

E-commerce que vende objetos para casa e decoração exclusivamente em formato ou com estampa de coração vai doar 10% da venda de produtos selecionados...

Empresa Fácil oferece estudo de viabilidade a novos empreendedores  

Sistema permite a emissão do Alvará Provisório em 24h.

Fatores comportamentais podem influenciar nos acidentes de trabalho

Psicóloga e uma assistente social e também técnica de segurança do trabalho criaram o jogo Conversa Segura.

Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em maio

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em maio de 2021 na comparação com maio do ano passado, segundo...

EMS explica faturamento com o ‘kit Covid’

farmacêutica brasileira EMS informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do kit Covid-19 em 2020,...