Choque

“Não se combate um erro cometendo outro erro. É preciso combater os corruptos de qualquer área da administração pública, isso não tem a menor dúvida. Mas não dessa maneira”. Dessa forma reagiu o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, às declarações do comandante do BPVE, que disse ter saudades do tempo da ditadura e que gostaria de dar choque nos policiais corruptos.

Gol contra
Passageiros que sonhavam em embarcar pela Gol na ponte aérea Rio-São Paulo, sexta-feira, enfrentaram espera de até três horas. Quem embarcou no vôo que deveria decolar às 18h45, por exemplo, só deixou o Santos Dumont às 22h15. Embora a empresa tenha atribuído a origem do atraso a problemas oriundos de São Paulo, nas demais companhias o embarque ocorreu sem maiores atrasos. A revolta dos passageiros foi ainda maior devido à total ausência de informações sobre as razões de o vôo não decolar.

Saneamento
Abril foi o mês de maior faturamento na história da Cedae, companhia fluminense de abastecimento e saneamento. Segundo o presidente da estatal, Wagner Victer, é o segundo recorde de faturamento seguido. “Aumentamos em média cerca de R$ 16 milhões por mês na comparação com igual período do ano passado. O que dá um aumento anual de receita da ordem de R$ 200 milhões. O faturamento de maio, se tudo correr dentro do previsto, deve ficar em torno de R$ 160 milhões, novo recorde”.

Francisco
A punição imposta pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aos procuradores da República Luiz Francisco e Guilherme Schelb, inclusive com a suspensão do recebimento dos vencimentos do primeiro por 45 dias, por suposta perseguição ao ex-secretário-geral do Governo FH Eduardo Jorge, foi recebida com êxtase por setores tucanos da imprensa. No entanto, não é demais anotar que, à vista do senso comum, ao qual escapam os meandros do Judiciário, ela contrasta com a ausência de punição a membros do Judiciário acusados de envolvimento em casos de corrupção e até assassinato, situação que não impede os envolvidos de perceberem integralmente seus vencimentos.

Fora da pauta
O vice-presidente do Conselho Regional de Economia do Rio de Janeiro (Corecon-RJ), Sidney Pasquotto, lamentou a ausência de veículos da dita grande imprensa ao lançamento da série Tomada de Posição, que o Centro de Estudos para o Desenvolvimento do Conselho Regional de Economia (CED/Corecon-RJ) iniciou segunda-feira: “Lamentável que os grandes jornais não tenham comparecido”, criticou Pasquotto. Além de tomar posição contrária à privatização da Previdência Social, o CED/Corecon-RJ ressaltou o efeito pífio esperado para o PAC sobre o emprego.

Quer pagar quanto?
Plástica em até 36 vezes e divulgação pela Internet. Isso está tirando o sono dos integrantes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica do Rio. Affonso Accorsi, diretor da entidade, acha pouco ético apresentar fotos do tipo “antes e depois”. “O perigo é a falsa expectativa de ficar igual à fotografia, esquecendo-se que as pacientes têm diferenças entre si e que o cirurgião não faz mágica.” Accorsi recomenda que se procure sempre um cirurgião que tenha o titulo de especialista concedido pela SBCP.

Maravilha
O site New7Wonders, que centraliza a eleição para a escolha das Novas 7 Maravilhas do Mundo, está entre os mais populares do mundo. Mais de 45 milhões de votos já foram colhidos na campanha, que termina em julho.

Lenço vermelho
Após passar por Porto Alegre (RS) e Campinas (SP), a exposição Um brasileiro chamado Brizola será montada no Rio de Janeiro. A mostra, que resgata os 60 anos de vida pública daquele que foi um dos mais influentes políticos brasileiros, será inaugurada nesta terça-feira, no terceiro andar do Palácio Tiradentes (Assembléia Legislativa). O líder do PDT na Alerj, deputado Paulo Ramos, destacou a importância de se manter viva a memória do fundador do partido, morto em junho de 2004: “Brizola é o mais expressivo representante de uma corrente política firmada na soberania nacional e na força trabalhista.”

Artigo anteriorObrigatório
Próximo artigoMídia família
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.