Cientistas chineses usam IA para detectar câncer em estágio inicial

Os cientistas chineses desenvolveram uma ferramenta de teste assistida por inteligência artificial (IA) para detectar câncer de pulmão em estágio inicial.

Um robô cirúrgico ortopédico trabalhando no Hospital Haidian em Beijing, capital da China, 3 de agosto de 2021. (Xinhua/Ren Chao)

Xinhua - Silk Road

 

Beijing, 4 fev (Xinhua) — Os cientistas chineses desenvolveram uma ferramenta de teste assistida por inteligência artificial (IA) para detectar câncer de pulmão em estágio inicial.

O estudo publicado nesta quinta-feira na revista Science Translational Medicine descreveu o Detector de Inteligência Artificial de Câncer de Pulmão que pode desempenhar um papel na detecção precoce deste tipo de câncer ou na triagem em larga escala de populações com alto risco da doença.

Cientistas da Universidade de Beijing realizaram sequenciamento de RNA unicelular de diferentes cânceres de pulmão em estágio inicial e descobriram que o metabolismo de gordura se torna anormal em diferentes tipos de células.

Em seguida, recrutaram um grupo de 311 participantes, incluindo 171 pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas em estágio inicial e 140 pessoas saudáveis para analisar moléculas relacionadas a lipídios em seu plasma.

Usando um algoritmo de aprendizagem de máquina, os cientistas selecionaram nove lipídios que são considerados mais importantes para a detecção precoce do câncer e construíram o modelo de detecção assistido pela IA, de acordo com o estudo.

Em um conjunto de rastreamento de câncer de pulmão de 1.036 participantes submetidos a exames de tomografia de rotina em um hospital em Beijing, e uma coorte clínica contendo 109 pacientes com câncer de pulmão, o detector atingiu uma precisão de mais de 90%, segundo o estudo.

A maioria dos participantes diagnosticados com câncer de pulmão eram não fumantes com tumores de estágio um, de acordo com o estudo.

Yin Yuxin, coautor do artigo e professor da Escola de Ciências Médicas Básicas da Universidade de Beijing, disse que a nova estratégia de detecção é útil para o diagnóstico precoce, diagnóstico auxiliar ou triagem populacional de muitas doenças tumorais.

Em 2021, Yin e seus colaboradores desenvolveram métodos de detecção de metabolismo tumoral assistidos pela IA para os cânceres pancreático e esofágico. Fim

Leia também:

Cientistas chineses desenvolvem madeira flexível, resistente ao fogo

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou na sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,48 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

Representante chinês pede coordenação e estabilidade sobre alimentação

Um representante chinês pediu na quinta-feira para que a comunidade internacional trabalhe em conjunto, no objetivo de estabilizar o mercado global de alimentos, garantir suprimentos diversos de alimentos e facilitar globalmente o comércio agrícola.

Envios de celulares na China alcançam 69,35 milhões de unidades no Q1

As remessas de telefones celulares da China tiveram uma queda anual de 29,2%, chegando cerca de 69,35 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, de acordo com um relatório da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicações (CAICT, sigla em inglês).

Últimas Notícias

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Rio, petróleo e prosperidade

Por Ranulfo Vidigal.

Baixas temperaturas e geadas trazem prejuízos a agricultores

Balança comercial do agro, entretanto, apresentou superávit de US$ 43,7 bilhões no acumulado do ano, de janeiro a abril.

A pandemia do burnout

Por César Griebeler.

OIT: crises geraram déficit de 112 milhões de empregos no mundo

Guy Ryder: 'efeitos sobre os trabalhadores e suas famílias, particularmente nos países em desenvolvimento, serão devastadores.'