Com chapéu alheio

A proposta da direção do Banco do Brasil de “beneficiar” os filiados à Previ (plano de previdência do banco) com um ano livre de contribuições esconde mais de uma armadilha. A idéia é anunciada como forma de aproveitar o superávit da Previ, que já soma um patrimônio equivalente a 5% do PIB brasileiro. Mas não somente os funcionários ficariam 12 meses sem contribuir; o BB também não recolheria sua parte – algo em torno de R$ 300 milhões.
Por coincidência, este valor é pouca coisa maior que o rombo estimado na Cassi, o plano de saúde dos funcionários mais antigos. A direção do BB quer cobrir o rombo em três anos, mas exige que uma parcela de cada exame clínico seja paga pelos beneficiários. Estes já recusaram a proposta.

Manso
José Rainha Júnior, uma das lideranças do Movimento dos Sem-Terra, será uma das estrelas do seminário que acontece nestas quinta na Assembléia Legislativa de São Paulo, para discutir o uso do pinhão manso como alternativa à produção de biodiesel. Rainha foi convidado para participar e contar a experiência de pequenos agricultores do Pontal do Paranapanema com o cultivo da planta. Segundo estimativas, a produção de 2 mil a 3,5 mil litros de óleo por hectare pode garantir uma renda média anual entre R$ 3 mil a R$ 4,5 mil. Um ônibus urbano consume 40 mil litros de biocombustível por ano, quantia de óleo suficiente para empregar até 190 famílias.
“Essa planta é interessante, embora seja pouco conhecida da maioria das pessoas. Ela oferece um óleo de ótima qualidade e ainda pode se transformar em um instrumento de inserção social devido à facilidade para cultivá-la”, destaca o deputado estadual Sebastião Almeida.

Nova direção
O industrial Ivo Pierin Júnior, proprietário da empresa Podium Alimentos, assume nesta quinta-feira, em Paranavaí/PR, a presidência da Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca (Abam), para o período de junho de 2007 a junho de 2008.

Preservação
Cuidados e providências que empresas devem tomar para recuperar e preservar o meio ambiente serão debatidos no seminário sobre “Remediação de Áreas Impactadas”, promovido pela Firjan nesta quinta-feira, das 13h30 às 18h, no auditório da federação (Av. Graça Aranha, 1, 13° andar, Centro do Rio).

Nobel da Tecnologia
O engenheiro Marcos Assayeg, do Cenpes,  o centro de pesquisas da Petrobras, foi o agraciado da edição de 2007 do prêmio concedido anualmente pela Houston a Offshore Technology Conference (OTC), maior evento da indústria petrolífera mundial, realizado na primeira quinzena do mês, nos Estados Unidos. Assayeg foi premiado na categoria de pessoa de maior destaque para o desenvolvimento tecnológico do setor de petróleo. Na qualidade de empresa, a Petrobras já ganhou por duas vezes, em 1992 e 2001, pela liderança tecnológica nos processos de prospecção de petróleo em águas ultraprofundas, nos campos de Marlim e Roncador, respectivamente. Mas essas são notícias não-divulgadas pela imprensa defensora da Petrobras da Bolívia.

Pesquisa
Os médicos José Luis Fuser Filho e Bruno Fuser, que fazem mestrado em radioterapia e oncologia em Londres, estão no Rio visitando a Clínica São Carlos, especializada em oncologia e medicina nuclear. Os médicos fazem pesquisa no Rio para trabalhos que apresentarão na Sociedade Européia de Radioterapia, em setembro deste ano, em Barcelona.

Razão de governar
O presidente Lula deve ter aberto champanhe no Palácio, ontem, para comemorar. Segundo a Merril Lynch, nunca não na história deste país, o Brasil teve tantos milionários. A exemplo do que fez com os ganhadores da bolsa, Lula tem direito de pedir o agradecimento todo dia dos novos milionários. Afinal, apenas até maio, já destinou R$ 67,884 bilhões para pagamento de juro, o Bolsa Banqueiro do seu governo.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLuxo do lixo
Próximo artigoTragédia

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Países árabes planejam expansão de energia limpa

Omã, Marrocos, Argélia e Kuwait estão entre os que têm planos mais ambiciosos.

‘Governo não apenas poderia, como deveria intervir na Petrobras’

Para especialista, Governo Federal deveria estar mais atuante para combater os preços abusivos dos combustíveis em toda a cadeia.

Exterior cauteloso pode prejudicar negócios locais

Índices futuros acionários em Nova Iorque operam em queda significante: temores relacionados a uma possível recessão nos EUA.

Marrocos quer se desenvolver como polo de tecnologia

Setor digital emprega 120 mil pessoas no país; país tem investido em acordos e memorandos para aumentar investimento na área.

Ipea prevê crescimento de 1,8% para o PIB em 2022

Setores de agropecuária e industrial devem mostrar relativa estabilidade; ´para 2023, a estimativa é de variação positiva de 1,3%.