Com pandemia, comércio eletrônico cresceu 70% no ano

De acordo com levantamento da BigDataCorp, as lojas virtuais cresceram 70% em relação a 2019 e hoje totalizam 1,6 milhão. O comércio eletrônico já representa mais de 10% do total de sites ativos no país. O estudo mostra que os marketplaces – lojas que vendem por meio de e-commerces de terceiros – alcançaram o patamar de 200 mil lojas, correspondente a um incremento de 120% na comparação com 2019.

Neste ano, mais de 60% das lojas virtuais fizeram promoções de Black Friday dois meses antes da data oficial.

Já levantamento da Nuvemshop mostra que pequenas e médias empresas faturam R$ 132 milhões com o comércio eletrônico no mês do Natal: o valor total de vendas dos clientes (GMV) foi 220% maior do que os R$ 41 milhões faturados entre 1º e 25 de dezembro do ano passado.

O volume de pedidos também registrou aumento similar, de 250%, crescendo de 179 mil para mais de 626 mil pedidos. Em contrapartida, houve uma queda de 9% no valor do tíquete médio, que era de R$229 no ano passado e, este ano, foi calculado em R$209. Entre as categorias de destaque e que são muito procuradas nesse período estão presentes, com crescimento de 83% no volume de pedidos, brinquedos, com 89% e saúde e beleza, com 83%.

“Desde março, já estávamos prevendo um salto no universo do e-commerce. Para se ter uma ideia, logo no início da pandemia a penetração das vendas virtuais no varejo subiu de 6% para 12%. E essa nova tendência resultou em uma Black Friday histórica, onde atingimos, em uma única semana, um faturamento (GMV) superior a R$ 60 milhões”, afirma Alejandro Vázquez, CCO e cofundador da Nuvemshop.

“Para este mês, já prevíamos um Natal recorde e os resultados superaram as nossas expectativas. E nós, como um dos principais players de negócios online do País, temos o compromisso de continuarmos rompendo a barreira do empreendedorismo para potencializarmos, ainda mais, histórias de sucesso junto aos lojistas.”

Leia mais:

Setor de eletroeletrônicos cresce 5% em 2019

Celulares seminovos são itens eletrônicos mais buscados no varejo virtual

Artigos Relacionados

Produção industrial cresceu 0,4% na virada do ano

A produção industrial brasileira começou 2021 com um resultado positivo, ao crescer 0,4% na passagem de dezembro para janeiro, segundo a Pesquisa Industrial Mensal,...

Cultura sem apoio em centros com medidas restritivas

Os projetos culturais que buscam patrocínio oficial sequer passarão por análise, caso sejam de locais onde os governos, devido à pandemia de Covid-19, tenham...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Investimento chinês em pesquisa aumentará 7% ao ano até 2025

País divulga 14º Plano Quinquenal; desde 1953, PIB cresceu 1.232 vezes.

FMI: orçamento deve atender direitos das mulheres

No Egito, por exemplo, houve mais recursos para serviços públicos de creche.

Planos registram maior número de beneficiários desde dezembro de 2016

Dados de janeiro foram divulgados hoje pela ANS e confirmam tendência de crescimento no país.

MP-RJ pede júri popular para Flordelis e mais oito réus

Deputada é acusada de mandar matar o marido; 11 réus respondem ao processo, mas o MP pediu para não se pronunciar sobre dois deles.

Payroll de fevereiro surpreendeu positivamente as expectativas

Soma-se às surpresas a revisão no número anterior de 49k para 166k e, principalmente, a criação de vagas no setor privado em 465k.