Combustível verde

“O Brasil pode ultrapassar a marca de 2 bilhões de m³ exportados ainda em 2004”, diz Carlos Boiseaux, diretor da divisão Oil, Gas & Chemicals Services e vice-presidente da SGS do Brasil, que responde pelas certificações de mais de 90% do álcool exportado e por 65% de todos os combustíveis movimentados. Só no Porto de Santos, onde a SGS mantém um laboratório, até agosto deste ano, foram analisados 905 mil m³ de álcool, contra 346 mil m³ em todo o ano de 2003. A SGS instalou laboratório em Alagoas e na Paraíba. “Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte oferecem álcool de qualidade superior ao mercado internacional. A perspectiva é alcançar 250 mil m³ de um álcool diferenciado (extra neutro potável) nas exportações da safra 2004/2005”, avalia Boiseaux.

Compensações americanas
Apesar de terem reeleito George Bush e ampliado sua maioria no Congresso e no Senado, os republicanos encolheram suas representações nos Legislativos estaduais. Antes das eleições, o partido de Bush controlava 53 da 98 câmaras legislativas estaduais (Assembléias e Senados), contra 47 em que os democratas eram maioria e uma na qual os dois partidos estavam empatados. Abertas as urnas, os democratas conquistaram mais três câmaras, somando agora 47, e os republicanos recuaram para 49 e uma continua dividida pelos dois partidos. Numa – a Assembléia de Montana – a apuração ainda não foi concluída. Os dados fazem parte de levantamento do cineasta Michael Moore para montar sua lista de “17 motivos para você não cortar os pulsos”, apesar da vitória de Bush.

Rocha não cresce
Exigências ambientais e jurídicas estão inviabilizando o crescimento e competitividade das empresas do setor de rochas ornamentais no Estado do Rio. Essa é a queixa que elas levarão ao governo estadual em evento hoje, a partir das 9h, na Firjan. São 1,2 mil companhias, que geram 17,8 mil empregos diretos e 55 mil indiretos.

Gestação
A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp (Incamp) seleciona, até o dia 30, empreendedores para a incubação de projetos. São nove vagas para projetos de formação de empresas de base tecnológica em geral. A Unicamp oferece espaço físico, acesso às informações científicas e serviços tecnológicos da universidade, assessoria para captação de recursos junto às agências de fomento e infra-estrutura para uso compartilhado de secretaria, fax, telefone e acesso à Internet, entre outras facilidades. O edital está em www.inova.unicamp.br/incamp/inscricao.php

Cidadãos
Ivan F. Zurita, presidente da Nestlé do Brasil, recebeu ontem o prêmio Líder Empresarial Nacional de Responsabilidade Social de 2004 pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing (ADVB-SP). Zurita lembrou que “as iniciativas sociais da Nestlé não são simplesmente assistencialistas, elas têm, por princípio, ensinar, informar e criar cidadãos conscientes”.

Top
De 56 trabalhos inscritos, 19 casos foram selecionados para receber o Top de Marketing 2004 da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB Rio). O prêmio é dado a empresas que, pelas suas estratégias de marketing inovadoras e pela sua correta postura empresarial, alcançaram resultados positivos na participação de mercado. Entre os premiados estão Petrobras, Bradesco Capitalização e Previdência, Schincariol, Telemar e Varig. A festa será no próximo dia 30, no Scala Rio. Também receberão o prêmio três personalidades: o ministro da Casa Civil, José Dirceu, o secretário fluminense de Energia, Wagner Victer, e o presidente da TAM, Marco Antonio Bologna.

Do jeito que dá
Atribuída ao ministro da Articulação Política, Aldo Rebelo, a frase “se o eleitor tivesse votado para mudar a política econômica, não teria eleito o Serra, o Fogaça e o Richa. Ganhou o continuísmo do continuísmo” pede desdobramentos.  Como não lhe cabe responsabilidade no processo de clonagem política praticada pelo governismo atual, o eleitorado limita-se a protestar com os candidatos que tem à mão. Em alguns casos, isso pode ser traduzido em antigo adágio popular: Não tem tu, vai com tu mesmo!

Artigo anteriorBarrados no baile
Próximo artigoOverdose
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Itaú Unibanco deixa administração da XP

Decisão foi tomada no último dia 23, após análise concorrencial e prudencial; cisão foi aprovada pelo Banco Central.

Abertura de mercado

Após fim de semana tenso, segunda é sempre de trégua, pela ausência de parlamentares em Brasília, quanto mais em período de recesso.

Covid: uma em cinco gestantes e puérperas mortas não tem acesso a UTI

Trabalhador que se recusa a tomar vacina contra a Covid-19 pode ser demitido por justa causa.

ENS abre inscrições de Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Inscrições começaram nesta segunda-feira.

Fitch:1ª emissão de debêntures da Rodovias do Brasil tem rating AA-

A Fitch Ratings atribuiu Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA-(bra)’ à primeira emissão, em série única, de debêntures da Rodovias do Brasil Holding S.A....