Comércio precisa se adequar à LGPD

103
Cândida Terra, advogada (Foto: Sindilojas-Rio/divulgação)
Cândida Terra, advogada (Foto: Sindilojas-Rio/divulgação)

Diante da multiplicação dos casos de uso indevido, comercialização e vazamento de dados, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD – Lei nº 13.709/2018), em vigor desde 18 de setembro de 2020, foi um avanço importante para garantir a privacidade dos brasileiros.
Recentemente, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) aplicou a primeira sanção por indícios de infração à LGPD. Uma microempresa de telecomunicações recebeu advertência e multa total de R$ 14,4 mil, acendendo um sinal de alerta sobre a necessidade de adequação à LGPD para evitar penalidades e outros problemas.
Nesse contexto, a utilização dos dados pessoais, de forma correta e respaldada pela LGPD, de clientes, colaboradores e fornecedores, entre outros, tornou-se de vital importância para todas as empresas, especialmente as do comércio, que operam tanto com vendas físicas como virtuais. Afinal, cada vez mais, captar e armazenar as informações dos atuais e de potenciais clientes para mapear a experiência de compra é fundamental para o planejamento estratégico das empresas lojistas. No entanto, muitos lojistas ainda têm dificuldades a respeito de como criar estratégias para alavancar as suas vendas usando informações de seus clientes da maneira correta, ou seja, de acordo com as regras definidas pela LGPD.
Para esclarecer as regras e como devem ser feitas a implementação e a adequação dos procedimentos de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Rio de Janeiro (Sindilojas-Rio), em parceria com o escritório Terra Rocha, especializado no tema, vai realizar uma palestra gratuita, nesta quarta-feira, 26 de julho, às 10h, em seu auditório (Rua da Quitanda, nº 3/ 10º andar, Centro).
Destinada aos lojistas e também a profissionais que atuam com a gestão de dados no comércio, a palestra será realizada pelos advogados Cândida Terra e William Rocha, especialistas em Proteção de Dados e nas áreas do Direito Empresarial, do Consumidor e Digital. Com larga experiência e atuação reconhecida na área de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais – LGPD, os sócios do escritório Terra Rocha vão explicar como as empresas devem proceder para que possam seguir coletando e utilizando suas bases de dados, segundo a nova legislação.
A palestra é gratuita e as inscrições ainda podem ser feitas pelo e-mail [email protected], pelo telefone (21) 2217-5096 ou pelo WhatsApp (21) 98552-1822, informando nome, empresa, e-mail e telefone de contato.

Espaço Publicitáriocnseg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui