Comissão de acompanhamento do Supera RJ prorrogada por 90 dias

Programa disponibilizou R$ 580 milhões em auxílio emergencial e linha de crédito em março.

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), vai ser prorrogada por 90 dias. É o que define o Requerimento 245/22, assinado pelos deputados que compõem a comissão, que foi aprovado pelo plenário do Legislativo, nesta quinta-feira. A medida vai ser publicada no Diário Oficial do Legislativo nos próximos dias.

A comissão foi criada para acompanhar a execução do programa. Em audiência realizada em março, o governo do estado informou que o programa já havia disponibilizado R$ 580 milhões em auxílio emergencial e linha de crédito para empreendedores impactados pela pandemia de covid-19.

Na ocasião, o presidente da comissão, deputado Bruno Dauaire (União), reconheceu a complexidade operacional do programa, mas acredita que ele pode ter maior alcance. Ele esclareceu que o colegiado terá uma atuação propositiva, levantando estudos e dados importantes para aprimorar o Supera RJ

Também compõem a comissão o deputado Marcelo Dino (União), como relator; e as deputadas Renata Souza (PSol), como vice-presidente; e Adriana Balthazar (PSD).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Payroll teve leitura fortemente acima do esperado

Mercado de trabalho mostra aperto considerável, com indicações de restrições prolongadas no lado da oferta.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.