Como esvaziar 2 represas para dar 1 choque nos lucros

Vale tudo para aproveitar os preços em alta na onda de calor.

Num reino muito, muito distante, uma companhia elétrica “secou” 2 represas para produzir o máximo de energia possível e se aproveitar das tarifas, que alcançaram patamares recordes devido à onda de calor.

O reino é a Espanha; a companhia, a Iberdrola, que em questão de semanas levou próximo a zero os reservatórios de Zamora e Cáceres, o que provocou dificuldades para captação de água que abastece algumas cidades. Pior: o procedimento da empresa não é ilegal. “Nós nos antecipamos duas décadas em relação à transição energética para combater as mudanças climáticas e oferecer um modelo de negócio limpo, confiável e inteligente”, reza o perfil no site da companhia.

Tudo isso está tão distante assim do Brasil? Nem tanto. A proposta de privatização da Eletrobras é feita em paralelo à de permitir que todos os consumidores entrem no “mercado livre” de energia. Na Espanha, os preços variam diariamente: quanto maior a demanda, maior o preço, com flutuações que tornam quase impossível para os consumidores orçarem sua conta de luz. E como as empresas buscam sempre o melhor resultado (para seus acionistas controladores), por que investir para produzir mais, se quanto menor a oferta, maior o preço?

No Brasil, a Iberdrola controla a Neoenergia (51,04% das ações; a Previ tem 30,29%, e o restante, 18,67%, são ações em Bolsa). A companhia está presente em 18 estados e gerencia 13,9 milhões de pontos de fornecimento para uma população formada por mais de 34 milhões de habitantes. Tem 9 hidrelétricas e 1 em construção

 

Antes que Guedes venda

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ homenageia o Dia do Patrimônio Cultural (17 de agosto). Vídeo criado por Fábio Martins e produzido por Bayard Do Coutto Boiteux traz depoimentos de Chico Vartulli, Cristina Braga, Ediana Avelar, Jorge Ramos, Priscila Valério, Sávio Naves, Thelma Inecco, Vanda Klabin e Viviane Fernandes.

 

O petróleo é nosso

Na última sexta-feira, comemoram-se 44 anos da extração do primeiro petróleo comercial da Bacia de Campos.

 

Rápidas

O empresário carioca Rodolfo Oliveira fechou parceria com o CEO Luccas Riedo, da Gestão 4.0, ambos com foco na UniXR *** O Santander abre inscrições para 1.500 bolsas de curso preparatório para certificação CPA-20 *** O EducationUSA promove o 2º webinário com a Purdue University, sobre o curso Engenharia Aeronáutica. Nesta terça-feira, às 16h. Inscrições aqui *** A Mostra de Turismo Ceará–Rio acontecerá entre 6 e 20 de setembro, no Barra Shopping (RJ) *** O Projeto Laços Musicais, no canal do YouTube da Divisão de Teatro da Uerj, retorna nesta quinta, às 20h30, com Jefferson Gonçalves, gaitista, professor e compositor há mais de 31 anos *** Começa nesta quarta o “Palco Américas”, do Américas Shopping, com shows gratuitos a partir das 19h. O 2º e derradeiro show será dia 25 *** A Associação Brasileira de Fintechs (ABFitnechs) realiza o “Wrap Up Regulatório | 1º semestre de 2021”, quinta-feira, às 17h.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Triste realidade

Em cada 4 bairros do Rio, 1 tem milicianos ou traficantes

Pré-candidatura de Ceciliano ao Senado ganha apoio na Região Serrana

Prefeito do PSB vira as costas para candidato do partido.

Informalidade atinge 40,1% da população ocupada

Segundo IBGE, desemprego caiu para 9,8%; rendimento fica estável.

Empresas buscam alternativas para captar recursos

Por Luciano Camargo Neves.

Bacen chinês enfatiza importância de apoio financeiro à economia real

O banco central da China disse nesta quarta-feira que irá construir um mecanismo eficaz para fornecer apoio financeiro à economia real.