Como esvaziar 2 represas para dar 1 choque nos lucros

Vale tudo para aproveitar os preços em alta na onda de calor.

Num reino muito, muito distante, uma companhia elétrica “secou” 2 represas para produzir o máximo de energia possível e se aproveitar das tarifas, que alcançaram patamares recordes devido à onda de calor.

O reino é a Espanha; a companhia, a Iberdrola, que em questão de semanas levou próximo a zero os reservatórios de Zamora e Cáceres, o que provocou dificuldades para captação de água que abastece algumas cidades. Pior: o procedimento da empresa não é ilegal. “Nós nos antecipamos duas décadas em relação à transição energética para combater as mudanças climáticas e oferecer um modelo de negócio limpo, confiável e inteligente”, reza o perfil no site da companhia.

Tudo isso está tão distante assim do Brasil? Nem tanto. A proposta de privatização da Eletrobras é feita em paralelo à de permitir que todos os consumidores entrem no “mercado livre” de energia. Na Espanha, os preços variam diariamente: quanto maior a demanda, maior o preço, com flutuações que tornam quase impossível para os consumidores orçarem sua conta de luz. E como as empresas buscam sempre o melhor resultado (para seus acionistas controladores), por que investir para produzir mais, se quanto menor a oferta, maior o preço?

No Brasil, a Iberdrola controla a Neoenergia (51,04% das ações; a Previ tem 30,29%, e o restante, 18,67%, são ações em Bolsa). A companhia está presente em 18 estados e gerencia 13,9 milhões de pontos de fornecimento para uma população formada por mais de 34 milhões de habitantes. Tem 9 hidrelétricas e 1 em construção

 

Antes que Guedes venda

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ homenageia o Dia do Patrimônio Cultural (17 de agosto). Vídeo criado por Fábio Martins e produzido por Bayard Do Coutto Boiteux traz depoimentos de Chico Vartulli, Cristina Braga, Ediana Avelar, Jorge Ramos, Priscila Valério, Sávio Naves, Thelma Inecco, Vanda Klabin e Viviane Fernandes.

 

O petróleo é nosso

Na última sexta-feira, comemoram-se 44 anos da extração do primeiro petróleo comercial da Bacia de Campos.

 

Rápidas

O empresário carioca Rodolfo Oliveira fechou parceria com o CEO Luccas Riedo, da Gestão 4.0, ambos com foco na UniXR *** O Santander abre inscrições para 1.500 bolsas de curso preparatório para certificação CPA-20 *** O EducationUSA promove o 2º webinário com a Purdue University, sobre o curso Engenharia Aeronáutica. Nesta terça-feira, às 16h. Inscrições aqui *** A Mostra de Turismo Ceará–Rio acontecerá entre 6 e 20 de setembro, no Barra Shopping (RJ) *** O Projeto Laços Musicais, no canal do YouTube da Divisão de Teatro da Uerj, retorna nesta quinta, às 20h30, com Jefferson Gonçalves, gaitista, professor e compositor há mais de 31 anos *** Começa nesta quarta o “Palco Américas”, do Américas Shopping, com shows gratuitos a partir das 19h. O 2º e derradeiro show será dia 25 *** A Associação Brasileira de Fintechs (ABFitnechs) realiza o “Wrap Up Regulatório | 1º semestre de 2021”, quinta-feira, às 17h.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Reforma do IR trará impacto negativo para o caixa das empresas

O projeto de reforma tributária do Imposto de Renda aprovado na Câmara no início de setembro merece atenção especial do setor produtivo. O alerta...

A paz é o caminho

Por Paulo Alonso.

Setor farmacêutico ganha aliado para agilizar contratações

Farmácias e drogarias passaram a integrar o aplicativo Closeer, responsável por conectar empresas e trabalhadores autônomos. Oportunidades de trabalho no segmento devem crescer até...

Taxa de desemprego entre os mais pobres é de 36%

Queda em renda indica aumento na desigualdade durante a pandemia; jovens já são 42% dos empregos temporários no primeiro semestre.