Como nos velhos tempos

A FedEx decidiu reduzir os salários do presidente, de todos os vice-presidentes e da diretoria, acabou com bônus e implementou algumas ações para reduzir custos. Com isso, procura não demitir nenhum funcionário. “Temos 672 aeronaves e 143 mil funcionários ao redor do mundo. A nossa política é de proteção aos nossos empregados. Atualmente os mercados do mundo passam por um momento difícil. Não temos política de demissão. Temos alternativas”, frisou o diretor de marketing para América do Sul e Caribe da FedEx, Guilherme Gatti.

“I don”t know”
Dezoito porcento dos diretores das empresas dizem ignorar se as licenças de software usadas por suas companhias são ou não legalizadas. A conclusão é de estudo encomendado pelo Escritório de Propriedade Intelectual (IPO) do Reino Unido. Ainda de acordo com o estudo, quase 1/4 dos entrevistados disse que o licenciamento de software só é verificado uma vez por ano em sua empresa.
“Esse quadro é preocupante, apesar da evolução em relação aos anos anteriores. Em termos de fiscalização, 2009 promete seguir essa tendência. Ou seja, aumento na rigidez e no número de auditorias e multas financeiras aplicadas a empresas por utilização de softwares ilegais. É hora de os dirigentes corporativos começarem a olhar com mais carinho para este tema”, aconselha Carlos Sacco, diretor Comercial da Multimídia Brasil, que oferece solução para controle automático de licenças de software.

Ícones
Duro para o ministro da Justiça, Tarso Genro, não deve ser ouvir críticas a sua decisão de não extraditar Cesare Battisti para a Itália. Mais complicado é ouvir o governo Silvio Berlusconi arvorar-se em dar lições de democracia ao Estado brasileiro. O mesmo governo que diz sentir-se “estupefato” com a decisão soberana do Brasil é o que abriga na sua coligação integrantes da extinta Aliança Nacional (AN), cujo um dos líderes já declarou que “Benito Mussolini foi o maior estadista do século XX”.
A AN foi criada em 1994 após a dissolução do partido fascista Movimento Social Italiano (MSI), fundado em 1946 para reorganizar os seguidores de Mussolini. Em 2008, fundiu-se com o Força Itália, de Berlusconi, dando origem ao Povo da Liberdade (PDL).

Theo Emérito
A Universidade Federal Fluminense (UFF) concedeu o título de Professor Emérito ao cientista político Theotonio dos Santos. Apresentada pelo coordenador do Programa de Pós-graduação de Ciência Política da UFF (PPGCP/UFF), Eurico Figueiredo, a proposta foi aprovada pelo Conselho Universitário da universidade. Santos, que também integra o Conselho Editorial do MM, deve receber o título em abril, em sessão solene a ser realizada após regressar da Índia, onde cumprirá ampla agenda acadêmica.

Crise a distância
O ensino a distância (EAD) deve crescer mais de 20% este ano, prevê o coordenador pedagógico da Unopar EAD Campinas, Fileto de Albuquerque. Um dos motivos é a crise econômica, com anúncios de demissões e número menor de empregos. Muitas pessoas sentem a necessidade de investir em educação, garante Albuquerque. “Este tipo de ensino consegue suprir a necessidade e a vontade de formação a custo acessível – muitas vezes 50% mais barato do que os tradicionais. Muitos irão investir em segunda graduação ou mesmo em pós-graduação.”
De acordo com a edição 2008 do Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta e a Distância, mais de 2,5 milhões de brasileiros estudaram em cursos a distância em 2007, o que representa um em cada 73 estudantes.

Santo de casa
A percepção de que o poder de influência das Organizações Globo segue em viés de baixa parece estender-se à própria estrutura interna da Globo. O número de matérias produzidas pelos veículos da empresa sobre as mudanças determinadas ao atendimento à população pelos serviços de telemarketing foi incapaz de alterar padrões até nos serviços prestados pela organização. Quem tenta, por exemplo, cancelar o serviço do provedor Globo.com enfrenta pelo menos três atendentes sem ter a garantia de exercer seu direito de consumidor. Já foi o tempo em que as empresas temiam o poder da Globo de expor suas falhas à população.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMDD em Washington
Próximo artigoLonge do front

Artigos Relacionados

Commodities voltam a subir e ameaçam inflação

Brasil dependerá, mais que nunca, do comportamento do real frente ao dólar.

Rio manda R$ 2,4 tri para União e só recebe R$ 171 milhões

Estado é um dos mais prejudicados da Federação.

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Últimas Notícias

Valor da internet em Portugal está mais barato

Dados recentes do Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, referentes a dezembro de 2021, mostra que Portugal lidera na descida de preços dos...

Modal finaliza aquisição da integralidade do banco digital LiveOn

O Modal, banco de investimento, fechou a aquisição de 100% da infratech LiveOn, operação divulgada em outubro de 2021, e só agora aprovada pelo...

Fitch afirma IDRs BB’ e rating nacional ‘AAA do Itaú Unibanco

A Fitch Ratings afirmou nesta segunda-feira os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e...

Balança comercial registra déficit de US$ 117 milhões

A corrente de comércio (soma de exportações e importações) brasileira cresceu 28% e fechou a terceira semana de janeiro em US$ 28,91 bilhões. Os...

Subida de juros assusta investidores

A segunda-feira (24) foi marcada como um dia de aversão a risco com fortes quedas nas bolsas internacionais, observou Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial...