Como?

O Sensus refutou as críticas à pesquisa divulgada terça-feira. Explicou que na comparação da lista de presidenciáveis em que figuram Lula, Serra, Garotinho e Heloísa Helena com a que inclui, além dos quatro, José Maria Eymael e Roberto Freire, “a introdução de candidato percebido como à esquerda do espectro político de Lula faz com que as intenções de voto refluam de Lula para outros candidatos e indecisos, e que parte do voto indeciso reflua para Serra como alternativa política.” Se alguém entendeu, é porque o Sensus se expressou mal.

Uma mão lava a outra
Ironias da história. Depois de beneficiado com dois mandatos, ao ser ungido pela elite do país como o antiLula – quando o PT era satanizado pela mídia pró-capital financeiro – o ex-presidente FH parece empenhado em compensar o petista. A cada aparição de FH na mídia, cresce o número de brasileiros que repudiam suas críticas ao governo Lula. O fenômeno é chamado por politicólogos como ausência de autoridade moral.

Uma nota só
Do sempre polêmico cantor Lobão criticando o ministro da Cultura, Gilberto Gil, ao qual acusa de apoiar, “ainda que de forma não peremptória” a prática do jabá (pagar para tocar músicas) nas rádios: “O jabá é o mensalão da música”, alfineta.

Memória nacional
No próximo 21, se completam 61 anos da tomada de Monte Castelo, na Itália, pelos bravos pracinhas brasileiros que integraram a Força Expedicionária Brasileira (FEB). Infelizmente, o evento, que, além de marcado pela bravura, foi estratégico no teatro de batalha europeu da II Guerra Mundial, continua a ser alvo de maiores homenagens no exterior do que no Brasil, onde, mais uma vez, seu aniversário continuará órfão do devido reconhecimento.

Nova era
Organizado pelo Laboratório de Políticas Públicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LPP/Uerj) e pela Fundação Europa, começa nesta quinta o seminário internacional Crise Hegemônica na América Latina e Pós-Neoliberalismo. Entre os participantes do evento, que termina sexta-feira, o cientista político Emir Sader, a economista Laura Tavares, Gilmar Mauro, do MST, e o ex-presidente do PT Tarso Genro, além de convidados internacionais, como Adalberto Ronda Varona (Cuba), Maximilien Arvelaiz (Venezuela),  Didimo Castillo (México) e Enric Tello (Espanha). As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no endereço eletrônico www.lpp-uerj.net/evento/Cadastro.asp

Sem o B
Se nos próximos 20 anos, o Brasil mantiver o crescimento medíocre em que se arrasta nos dois últimos decênios, a sigla Brics, criada pelo Goldman Sachs para sinalizar o protagonismo de Brasil, Rússia, Índia e China na metade deste século, perderá o B. Vai virar Rics e o país ficará Pobres, já que os demais países do grupo crescem até três mais do que o Brasil.

Com o A
Aliás, se considerada o adendo sugerido para o Brics pelo professor Theotonio dos Santos, a sigla vira Bricas, para incluir a África do Sul. Nesse caso, a exclusão transformaria o grupo no Ricas.

Imagem
Apenas 25% dos telespectadores brasileiros consideram a TV Globo a emissora de maior independência editorial do país. Numa relação de dez canais, a Globo fica em sexto lugar nesse item, empatada com a Rede TV!, com a TV Cultura encabeçando esse ranking. A constatação é da pesquisa Índice de Prestígio de Marca, realizada pelo Meio & Mensagem, que aponta ainda que a emissora do Jardim Botânico é considerada a mais ética por menos da metade dos pesquisados (44%). Os dados foram publicados pelo próprio jornal do grupo Globo. Apesar dos números modestos nesses dois itens, a emissora foi considerada, pelo sexto ano consecutivo, a TV mais admirada do Brasil.

Frase
Sugestão para um empresário, apertado pelos altos impostos, se pego pela Receita deixando de recolher uma ou outra taxa: “Erra é humano”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRisco Brasil
Próximo artigoCompensação

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás