“Complicité”

A deputada federal Janete Capiberibe (PSB-AP) criticou a decisão do governo francês de criar uma operação armada – Anaconda – para expulsar brasileiros que vivem e trabalham na Guiana Francesa. Ela salientou ter sido essa a primeira medida anunciada pelo presidente Nicolas Sarkozi na recente visita aquele território: “Até agora, o Itamaraty não se manifestou e a situação toma contornos dramáticos. Se há uma decisão política do governo francês de banir os brasileiros que vivem naquele território, não é admissível que seja ratificada pelo presidente Lula”, protesta a parlamentar, que, desde 2004, denuncia ao Itamaraty violências contra brasileiros que vivem e trabalham na Guiana, onde, segundo ela, somam 50 mil pessoas, representando um quarto da população.

Siameses
Desde 2005, a Prefeitura de Belo Horizonte, governada pelo petista Fernando Pimentel, é alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE) devido ao excessivo número de funcionários terceirizados. Dos 36 mil servidores municipais, pelo menos 1.800, 5% do total, não são concursados, segundo o Sindibel, sindicato da categoria na capital. Os números são citados pelo sociólogo Rudá Ricci, da executiva nacional do Fórum Brasil de Orçamento, no artigo “Fernando Pimentel: o mais tucano dos prefeitos de BH”, publicado em seu blog (www.rudaricci.blogspot.com) e no qual critica duramente a aproximação entre Pimentel e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). Segundo Rudá, o MPE já determinou a realização de concurso público em diversas áreas para coibir o excesso de terceirizados e cargos comissionados.

Blindagem
Instado a comentar as críticas à aliança Pimentel e Aécio, o prefeito do Rio, César Maia (DEM), ironizou a avaliação positiva de que gozam ambos: “O que há em Minas – e BH – em todos os governos é um efeito conhecido: Minas não tem imprensa, ou melhor, toda imprensa é governista há muitos anos. Por isso, especialmente os governadores, todos são bem avaliados. Mesmo os piores. E a imprensa paulista e carioca se interessa pouco por Minas e gosta do personagem Aécio e mais ainda de suas namoradas.”

Governo virtual
Ainda segundo Maia, nos últimos dez anos BH e a região metropolitana da capital mineira convivem com as maiores taxas de crescimento de homicídios: “E BH hoje ultrapassou o Rio. BH é a quarta capital em numero de homicídios e o Rio, a oitava. Ver Mapa da Violência. BH tem mais roubos e furtos per capita que o Rio. Nas pesquisas de vitimização, a percepção de insegurança em BH é maior que no Rio. Mas nada disso é destacado. Qualquer pesquisa séria mostra uma excelente avaliação do Pimentel, mas não assim das funções de govermo. Se Saúde é mal avaliada aqui, lá é um desastre.”

No litoral
José Serra confirmou presença no Congresso Anual da Associação Paulista de Municípios, afirmou o presidente da entidade, Marcos Monti, após ser recebido pelo governador de São Paulo. O congresso acontecerá de 30 de março a 5 de abril, em Santos.

Audiência
Mais de 50 mil pessoas já assistiram aos vídeos das sessões da reunião anual do World Economic Forum, que aconteceram em Davos, na Suíça, na última semana de janeiro. O número equivale a 20 vezes o de participantes da reunião. Entre os mais vistos, estão a reunião de abertura, presidida pelo fundador do WEF, Klaus Schwab, a conferência com Condoleezza Rice e o diálogo de Bono Vox com Al Gore. Os vídeos estão disponíveis no canal da entidade no YouTube (www.youtube.com/WorldEconomicForum). O portal do fórum registrou mais de 41 mil acessos por dia, cerca de 20 % mais que em 2007.

Emergência
Pacientes do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Pedro II, em Santa Cruz (RJ), podem vir a morrer devido à falta de albumina (proteína humana) e antibióticos que ajudam a diminuir edemas e auxiliam a cicatrizar queimaduras, alerta o Sindsprev/RJ. O problema se prolonga há seis meses. Nesta quarta-feira, um dos seis pacientes que estão internados no CTQ teria comprando albumina. O diretor do sindicato, Gilberto Mesquita, afirma que a família já gastou R$ 7 mil.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm dia
Próximo artigoPele de cordeiro

Artigos Relacionados

Rio manda R$ 2,4 tri para União e só recebe R$ 171 milhões

Estado é um dos mais prejudicados da Federação.

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Últimas Notícias

Electrolux lança desafio para arquitetos e designers de interiores

A Archademy, primeiro Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, abre inscrições para a edição do seu Archathon Electrolux 2022. O...

Gestão do Hopi Hari ganha na justiça e se mantém no parque

A gestão do Parque Temático Parque Hopi Hari acaba de obter decisão favorável, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para...

Bancos chineses registram compra líquida de divisas em 2021

Os bancos chineses registraram uma compra líquida de divisas em 2021, pois a taxa de câmbio do iuan permaneceu geralmente estável e os fluxos...

RNI: Plano de negócio tem o melhor resultado dos últimos 7 anos

Prévia do 4T21 da construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, indica resultados superiores aos últimos sete anos. A empresa, que completou 30...

Chile quer renacionalizar cobre e bens públicos estratégicos

A campanha pela renacionalização do cobre e dos bens públicos estratégicos entregues às transnacionais durante o governo de Augusto Pinochet (1973-1990) tem sido impulsionada...