Concentração

Segundo a Pesquisa Industrial Anual (PIA), divulgada pelo IBGE, os cem produtos mais vendidos representam 35% das vendas da indústria brasileira, que alcançaram R$ 414 bilhões em 2000. As 125 mil  indústrias  pesquisadas empregaram 5,3 milhões de trabalhadores, que receberam, entre salários e retiradas, R$ 57,3 bilhões, o que configura  salário médio mensal de R$ 828,40. Em 2000, essas empresas geraram receita R$ 642 bilhões e valor da transformação industrial de R$ 257 bilhões, enquanto seus investimentos chegaram a R$ 34  bilhões.

Pó de arroz
Torcedores do Fluminense – que conquistou na quinta-feira seu 29° campeonato estadual, no ano do centenário tricolor carioca – fazem a carreata da vitória neste sábado, quem sabe antecipando as comemorações do pentacampeonato da seleção brasileira. A concentração será às 10h no Museu de Arte Moderna (MAM), com saída prevista para as 11h. O ex-secretário estadual de Energia e Indústria Naval Wagner Victer, torcedor inveterado do clube, deu a volta olímpica junto com jogadores, quinta à noite, no Maracanã. Detalhe: de terno, com a camisa tricolor.

Autoridade
Ao descartar a possibilidade de os Estados Unidos ajudarem a financiar a reconstrução da Palestina, o presidente George Bush rugiu: “Não botaremos dinheiro numa sociedade que tenha corrupção e não seja transparente”, alegou. A declaração foi feita, quarta-feira passada, no mesmo dia em que vieram à tona fraudes de US$ 3,8 bilhões na WorldCom, um dos principais ícones da transparente democracia de Bush.

Inclusão
A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) lança, nesta segunda-feira, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, às 15h, a versão em braile da Cartilha da Comissão de Legislação Participativa (CLP).

Esquizofrenia
Além de injustificável para um partido de oposição, a postura defensiva do PT e de Lula diante dos mercados financeiros é incompreensível eleitoralmente. Como a esmagadora maioria dos brasileiros está interessada em assuntos diferentes dos que mobilizam o mercado financeiro, Lula é quem deveria estar interpelando José Serra sobre as dubiedades e inconsistências de um discurso que mistura promessas de retomada do crescimento, solução de problemas sociais e melhora da infra-estrutura do país com a manutenção do engessamento da economia por ajustes fiscais, metas inflacionárias e juros asfixiantes.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstagnação no campo
Próximo artigoFim das ilusões

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

TSE forma maioria contra cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

PT, PCdoB e PROS pedem cassação da chapa por cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

IGP-M acumula inflação de 21,73% em 12 meses

Alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Mirando agora na PEC dos Precatórios

Ultrapassada a decisão do Copom, investidores vão mirar na avaliação da PEC cheia de 'jabutis' que ainda não foram retirados.

Funcionalismo público: críticas e realidade da categoria

Por Relly Amaral Ribeiro.

Scheer Churrasqueiras dobra vendas na pandemia

Empresa lançou 25 itens em sua linha residencial.