Condomínios: R$ 60 milhões em propostas de financiamento para energia solar em 2023

80
Painéis de energia solar em telhado, geração distribuída
Painéis de energia solar em telhado (Foto: José Cruz/ABr)

Segundo levantamento realizado pelo banco para condomínios CondoConta, os condomínios brasileiros solicitaram mais de R$ 60 milhões em propostas de financiamento para a realização de reformas, obras e instalação de painéis de energia solar, em 2023. A análise apontou também que São Paulo, Pernambuco e Rio de Janeiro são os estados brasileiros que mais solicitaram financiamento condominial. Liderando a lista, São Paulo solicitou mais que o dobro que o segundo colocado.

De acordo com o CEO do CondoConta, Rodrigo Della Rocca, que possui mais de uma década de experiência no mercado condominial, São Paulo, naturalmente, se destaca pelo alto número de condomínios. Por outro lado, Pernambuco aparece em segundo lugar devido ao perfil populacional da região, com condomínios de classe baixa e inadimplência alta.

“Podemos entender que, por conta desse perfil e a incidência de muitos condomínios populares, é um estado que tem mais propensão à busca por essa solução de crédito”, afirma.

Ainda segundo o estudo, o primeiro lugar no ranking de solicitações de crédito é ocupado por reformas, com 22% dos pedidos de crédito. E 13% do total de solicitações têm como objetivo a inicialização de obras, enquanto 12% são para instalação de energia solar.

Espaço Publicitáriocnseg

Para o especialista, o alto valor destinado a obras e reformas vai ao encontro da busca por modernização dos condomínios brasileiros, que apostam cada vez mais em soluções que ajudem a aumentar a arrecadação.

“Vimos, no pós-pandemia, uma movimentação no mercado condominial por novas instalações e esse cenário tem perdurado hoje em dia. A instalação de mercadinhos, pet shops, academias mais completas e ambientes de lazer, trazem mais valor para o condomínio e no fim uma maior arrecadação, o que justifica os investimentos”, completa Rodrigo.

“Temos uma ótima perspectiva do mercado condominial para os próximos meses. Somente em 2023, recebemos mais de R$60 milhões em solicitações de crédito, além de termos registrado um primeiro trimestre, em 2024, com mais de R$100 milhões em transações. Esses números nos animam para continuar crescendo junto ao mercado”, finaliza Della Rocca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui