Confronto com STF interrompe crescimento de Bolsonaro nas pesquisas

Segundo Genial/Quaest, Lula lidera com 46% das intenções de voto; Bolsonaro fica com 21% e para de subir depois de três meses.