Conseguro 2021 teve mais de 14 mil acessos às atividades

A Conseguro 2021, totalmente on-line, teve mais de 14 mil acessos, um recorde absoluto na comparação com as edições anteriores, presenciais. Em alguns dos painéis, foram registrados 1 mil participantes simultâneos. Foram 82% de acessos feitos por desktop e 18% por mobile. A conferência bianual da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) passou de 800 inscritos na edição de dois anos atrás para 6 mil, com total de 40 horas de programação, frente a 16 horas em 2019.

No painel de encerramento da conferência, realizado no último dia 1, o presidente da CNseg, Marcio Coriolano, afirmou que “este evento prova que a CNseg, mais do que uma confederação associativa, é hoje o mais importante centro que reúne especialistas para fazer reflexão e propostas sobre o universo de seguros do Brasil. Sabemos ser críticos e independentes do mainstream, quando necessário, para aportar soluções construtivas, propositivas e viáveis”.

Marcio Coriolano dividiu em tópicos os principais temas abordados durante os cinco dias de evento. Na economia o painel discutiu “Três visões para o Brasil do amanhã”, mostrando que o mercado de seguros é muito sensível aos atributos da produção, emprego e renda. É natural que as pessoas primeiro supram suas necessidades básicas para depois optar por um seguro. As questões demográficas e as mudanças climáticas também vão mover a economia brasileira mundial e precisarão ser prioritárias dentro da política pública.

Para 2021, o Brasil terá impacto direto do baixo índice de crescimento da economia global. Muitas previsões são de baixo crescimento, e algumas projeções chegam em torno de 1,5% e até 0,5%. A adoção de processos digitais pelas seguradoras foi acelerada com a pandemia. Ao mesmo tempo, as novas demandas por parte dos consumidores exigiram ainda mais inovação, simplificação e agilidade. Entender quem é esse novo consumidor e se preparar para esse novo momento é fundamental.

A transição para o atendimento virtual trouxe um receio inicial, de que o relacionamento ficaria deteriorado, mas a adaptação foi rápida e isto não ocorreu. Vivemos a era da hiper relevância, com os clientes possuindo uma alta expectativa em relação aos produtos e serviços e as empresas possuindo uma série de ferramentas digitais para o relacionamento com os clientes. O consumidor quer comprar um seguro com a mesma facilidade com que compra uma televisão”, enfatiza Coriolano.

Segundo o presidente da CNseg, apesar da dinâmica do digital, o fator humano não pode ser esquecido, pois ainda é importante para se atingir a excelência. “Há processos em que os canais digitais cumprem de forma satisfatória o seu papel, mas, em outros, o acolhimento gerado pelos seres humanos é absolutamente necessário.”

As mídias digitais revolucionaram as relações sociais e, por isso, é importante saber combinar essa dinâmica. O que antes era considerado um monólogo, atualmente, se tornou diálogo, já que o consumidor tem expectativas e cobranças sobre aquilo que adquire e consome. “Na ótica da sociedade, as marcas são vistas como se fossem pessoas, de quem são esperados posicionamentos, pedidos de desculpas”, ressaltou.

Números

Os números da Conseguro 2021 impressionam. Além dos 14 mil acessos: 6 mil inscritos na plataforma, sendo desses 3 mil ativos assistindo e intergindo sobre temas das palestras, cujo conteúdo está disponível no canal YouTube da Cnseg; 82% dos acessos em desktop e 18% em mobile, reflexo do home office e mostram que as palestras foram acompanhadas em um espaço fixo e não em acesso em trânsito; 1 mil participanres simultâneos em alguns painéis; mais de 400 inscritos na Jornada do Conhecimento, espaço de troca de experiências criado nesta Conseguro on-line. Temas abertos até o dia 22 de outubro; 229 participantes no Café Mundial e Aquário, espaço para discussão do Futuro do Trabalho; 732 participantes das atividades de Yoga; e 1,5 mil inscritos assistiram ao Quiz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Procedimentos contraceptivos têm queda na saúde suplementar

Pandemia impactou a realização de laqueaduras tubárias e o implante de dispositivos intrauterinos.

Seven Tech: Mais de 2,5 milhões de cartões de crédito até 2023

Com operações em seis países e presença em três continentes (Europa, África e América Latina), o Seven Tech Group, que nasceu como Software house...

Qualicorp lança campanha para reforçar a parceria com os corretores

Para celebrar o dia do corretor de seguros, comemorado em 12 de outubro, a Qualicorp, a mais completa plataforma de escolha de planos de...

Últimas Notícias

Para 48%, recém-formados são os mais afetados no mercado de trabalho

Pesquisa feita com mais de 9 mil pessoas descobriu que 25% fazem parte da Geração Nem Nem, que não trabalha nem estuda.

SP registra queda de 13% em mortes de trânsito ante setembro de 2020

Número de óbitos caiu de 455 em setembro do ano passado para 396 no mesmo período de 2021.

Supermercados tiveram queda de 7,15% em vendas

Período avaliado em São Paulo foi de 12 meses, já Rio registra expansão de 41,5% de novas unidades no primeiro semestre.

Dez anos após morte de Kadafi, Líbia sofre a pior crise humanitária

Em 2016, Obama chegou a reconhecer que seu pior erro foi não ter acompanhado de maneira efetiva o conflito após a queda do líder líbio.

Procedimentos contraceptivos têm queda na saúde suplementar

Pandemia impactou a realização de laqueaduras tubárias e o implante de dispositivos intrauterinos.