Consumidores de 18 a 35 anos comprarão mais no fim de ano

Levantamento revela que as compras de virtuais são impulsionadas pela velocidade de entrega e valorização do frete grátis.

Estudo global Consumer Insights for the 2021 Holiday Shopping Season survey (Insights do consumidor para a pesquisa da temporada de compras de fim de ano de 2021), que entrevistou mais de 8 mil consumidores em países como EUA, Reino Unido, Austrália, Alemanha, França, Itália, Espanha e Israel, aponta que os consumidores com idades entre 18 e 35 anos são mais propensos a aumentar seus orçamentos nesta temporada de final de ano em comparação com outras faixas etárias. Os resultados da pesquisa, conduzido pela plataforma Outbrain, descobriram que a velocidade de entrega agora está no topo da lista de expectativas do consumidor: globalmente, 52% dos consumidores classificaram a velocidade de entrega como um fator de influência em suas decisões de compra, seguido por 38% dos entrevistados valorizando frete grátis ou com desconto. Além disso, a pesquisa ainda revela que 57% dos consumidores globais só começam a planejar suas compras na Black Friday alguns dias ou até duas semanas antes.

Ao tomar decisões de compra, os compradores são movidos por certos valores de marca, com 54% valorizando a acessibilidade ou disponibilidade da marca, seguido pela sustentabilidade (47%) e marcas que apoiam negócios locais (43%). Globalmente, 61% dos consumidores identificaram que assistir a um vídeo sobre um produto é importante para seu processo de tomada de decisão. Além do vídeo, 45% dos consumidores globalmente identificam os anúncios deslizantes como o tipo de anúncio mais envolvente ao navegar na internet.

No ano passado, 71% dos consumidores em todo o mundo também compraram um produto fora de seu mercado doméstico, uma tendência que a Outbrain acredita que deve continuar na temporada de compras de fim de ano.

Já o Índice Nacional de Satisfação do Varejo (INSV), desenvolvido pela agência Inroots, fechou o mês de setembro com 80,62% – alta de 1,82% comparado ao mês de agosto. Mas o destaque da pesquisa foram os comentários dos consumidores com relação aos preços dos produtos, correspondendo a 33,02% das menções, contra 25,55% sobre atendimento, assunto predominante entre as menções até então. O resultado é inédito desde a criação do índice, em janeiro deste ano, e acende o alerta para o planejamento de vendas da Black Friday.

O INSV leva em conta menções espontâneas dos consumidores em relação às 300 maiores varejistas do país, que administram 576 bandeiras de negócios.

Já segundo pesquisa da E-bit/Nielsien, o varejo brasileiro deve movimentar R$ 110 bilhões na Black Friday deste ano, uma das datas mais aguardadas e importantes para o varejo brasileiro. Em 2020, houve um aumento considerável no faturamento, em relação ao ano anterior. De acordo com o Behup, Pesquisa Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo, 80% dos consumidores pretendem realizar novas compras através de canais de venda como WhatsApp ou redes sociais de loja e 88% pretendem participar de live-commerces. Isso porque as vendas virtuais cresceram significativamente na pandemia e, mesmo com o avanço da vacinação e o retorno das atividades das lojas físicas, a compra digital é um conforto que o consumidor não abre mão.

Leia também:

Carros zero fecham trimestre com mais de 5% de alta nos preços

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

BR do Mar tira empregos e financiamento do Brasil

Senado reduz tripulação mínima brasileira para apenas 1/3; abertura na cabotagem não tem precedentes no mundo.

Plenário do Senado derruba esquema de securitização

Sistema desviava impostos pagos pela sociedade para garantir títulos financeiros.

Últimas Notícias

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

Renova Energia fecha negócio da Brasil PCH

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu nesta quinta-feira a venda de sua posição majoritária na Brasil PCH, sociedade que reúne 13 usinas de...

ANP aprova novas regras para firmas inspetoras de combustíveis

A Diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (02) a resolução que revisa os requisitos necessários para...

Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A...

B3 faz leilão do Fundo de Investimentos da Amazônia

Dia 16 de dezembro, a B3 realizará o leilão de valores mobiliários integrantes da carteira de ações do Fundo de Investimentos da Amazônia (Finam),...