Consumo mundial de café deve passar 168 milhões de sacas no ano

Estimativas apontam crescimento de 0,3% do consumo global no período 2019-2020 em relação ao anterior.

Internacional / 16:59 - 17 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A estimativa do consumo mundial de café no ano-cafeeiro 2019-2020 é de 168,39 milhões de sacas de 60kg, o que representa um crescimento de 0,3% em relação ao ano-cafeeiro anterior, que foi de 167,84 milhões de sacas. A demanda crescente no início da pandemia global devido ao maior consumo em casa, agora apresenta uma estabilidade devido à prolongada crise econômica e à lenta recuperação do consumo fora de casa.

Com relação à produção mundial, estima-se que o ano-cafeeiro 2019-2020 atinja o volume de 169,34 milhões de sacas, número que representa uma redução de 2,2% se comparado ao ano-cafeeiro anterior. A estimativa é uma redução de 5% na produção de café arábica que deve atingir o volume físico de 96 milhões de sacas, enquanto que para o café robusta a previsão é de um aumento de 1,9%, alcançando 73 milhões de sacas produzidas.

Com exceção da Ásia e Oceania onde está previsto um aumento de 2,2% na produção de café, atingindo 50,92 milhões de sacas de 60kg, estão previstas quedas na produção em todas as outras regiões. A África deve ter uma ligeira redução de 0,2% e atingir 18,83 milhões de sacas, enquanto na América Central e México a redução prevista é de 4,6% chegando a 20,73 milhões de sacas. Por fim, na América do Sul, maior região produtora de café do mundo, a queda é estimada em 4,6% com o volume de produção final em torno de 78,87 milhões de sacas de 60 kg.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor