28.1 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

Controle

Dirigentes políticos de todo o mundo se reunirão na sede da ONU em Nova York, entre quarta e sexta-feira próximas, para analisar a mais grave recessão econômica mundial desde a Grande Depressão. O objetivo do encontro, segundo a Organização das Nações Unidas, é identificar medidas de curto e longo prazo que atenuem os efeitos da crise e iniciar o processo de transformação da arquitetura financeira internacional. Estima-se que mais de 100 milhões de pessoas sejam lançadas na pobreza extrema, por ano, enquanto a crise durar. Mais informações sobre a conferência em www.un.org/ga/econcrisissummit

Supranacional
Ao comentar a reforma do sistema financeiro nos EUA, o professor Theotonio dos Santos, da UFF, fez coro aos analistas ouvidos pelo MM, que cobram uma supervisão supranacional para a movimentação de capitais entre países. “O setor financeiro sempre foi dependente do Estado, mas as transferências sem controle devem ser restringidas”, frisou.

Articulação
Santos, que é integrante do Conselho Editorial do MM, prevê o fortalecimento do capitalismo de Estado no mundo inteiro, inclusive no sistema financeiro. “Os controles vão aumentar, mas os mecanismos não estão claros. É preciso haver uma instância na qual os bancos centrais se reúnam para atuar em conjunto. Os presidentes de bancos centrais e ministros da economia devem ser os principais articuladores da nova ordem mundial”, disse, acrescentando que os EUA já procuraram a China para pedir uma política comum.

Associação do Brasil
Toma posse nesta quarta-feira, às 11h, o novo presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, José Luiz Alquéres, presidente da Light e atual vice-presidente da instituição centenária. Assumem como primeiro e segundo vices-presidentes Ronaldo Cezar Coelho e Joaquim de Arruda Falcão Neto, respectivamente. Estão confirmadas as presenças dos governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, e de São Paulo, José Serra.
O presidente que sai, Olavo Monteiro de Carvalho, entregará as obras de restauração das fachadas do Palácio do Comércio, edifício-sede da instituição (R. da Candelária, 9). A solenidade ocorrerá no 13º andar.

Pauta
Estudantes e professores de Jornalismo e profissionais protestam, nesta terça-feira, às 17h, em frente à Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Botafogo, no contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que revogou a exigência de diploma em Jornalismo para o exercício da profissão. No mesmo horário e local, o presidente do STF, Gilmar Mendes, realiza palestra.

Globalização
“Desenvolvendo uma mentalidade global: o Brasil em um cenário multipolar” é tema de debate nesta terça-feira, com a presença da vice-reitora e diretora executiva da Katz Business School – University of Pittsburgh, Anne Nemer. Ela abordará o tema globalização, incluindo as atuais transformações mundiais e os impactos do pensamento global na carreira das pessoas. O evento ocorrerá na Faculdade Moraes Júnior – Mackenzie Rio (Av. Rio Branco, 277 – sala 302 – Centro, RJ), das 19h às 20h30. Informações: (11) 5180-3672.

É nossa!
Por óbvio, a Amazônia não pode ser rebaixada a um gigantesco espaço para criação de gado. Outra questão, esta mais escamoteada, é pensar que o principal receptáculo das riquezas nacionais esteja destinado a ser um santuário. Por isso, é inaceitável que decisões dos Três Poderes brasileiros sejam pautadas por relatórios de ONGs, como o Greenpeace, que não receberam qualquer mandato dos brasileiros para decidirem o destino de área tão extensa e riqueza, quanto a cobiça que desperta.

Mapa do poço
Aproveitando a feira Brasil Offshore, realizada semana passada em Macaé, o Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM – RJ) lançou a nova versão do site Centro de Informações sobre Petróleo e Gás Natural (www.petroleo.rj.gov.br). O Centro é uma parceria com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Artigo anteriorNeorrábulas
Próximo artigoFrancamente
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.