Copom: próxima decisão dependerá de dados e cenário fiscal

Nossa expectativa – O Banco Central manteve a mensagem principal a partir do comunicado do Copom divulgado na semana passada. No entanto, desta vez, deu mais detalhes sobre os fatores que podem levar à retirada de estímulos monetários. A reversão do choque desinflacionário, expectativa de inflação próxima da meta nos próximos dois anos e redução da capacidade ociosa podem desencadear o início da alta da taxa de juros para a próxima reunião em março. A próxima decisão dependerá de dados e também do cenário fiscal.

Se as perspectivas fiscais piorarem ainda mais, isso pode desencadear antecipação da elevação da taxa de juros para março. No entanto, mantemos nosso cenário básico de alta de juros a partir de maio, uma vez que o aumento do número de casos e mortes de Covid-19, juntamente com o ritmo lento de vacinação no curto prazo tendem a impactar negativamente a atividade econômica neste primeiro trimestre, fazendo com que o Banco Central espere mais um pouco.

.

Mitsubishi UFJ Financial Group, Inc. (MUFG)

Leia mais:

Ata do Copom confirma deterioração das expectativas

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Artigos Relacionados

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços dos carros mais vendidos subiram 9,4% em média em um ano

Com 18,23% de variação, Renault Kwid foi o que mais subiu de preço entre os 13 mais vendidos.

PEC Emergencial pode sair da pauta do Senado desta quinta

Parlamentares resistem a cortes na saúde e educação e propõem votar apenas questão do auxílio emergencial.

Desdobramentos da intervenção na Petrobras

Percepção é de que o 'superministro' de Bolsonaro pode estar ficando cada vez mais isolado.

IPCA-15 de fevereiro ficou abaixo da expectativa

Índice mostra variação mais fraca que o esperado em alimentação, educação; já saúde e transportes vieram mais fortes que a expectativa.

Tentativa de superação

Ontem foi dia de recuperação da Bovespa, liderada pelas ações da Petrobras, Eletrobrás e setor bancário.